quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Borges da Silva, Rocha e Outros (Bahia)





Dr. Vicente Borges da Silva Neto, São Paulo, SP (vicenteb@uol.com.br)
                       Autor:


BORGES DA SILVA, ROCHA E OUTROS
1ª EDIÇÃO - 2009


                                                    Considerações do Autor

                            Uma ÁRVORE GENEALÓGICA não tem dono. Pertence a todas as pessoas que nela estão.
                            São muitos os benefícios que ela poderá trazer para quem ainda se encontra na terra, com destaque para as doenças hereditárias, fazendo com que os descendentes se previnam com exames e consultas regulares.
                            Foi um trabalho árduo. Durante a sua elaboração muitos parentes colaboraram. Infelizmente, existiram pessoas que não forneceram dados (nomes, datas de nascimentos, casamentos, óbitos, doenças hereditárias, etc), fotos, documentos, endereços...
                            Mas isso já era esperado. Afinal nos dias atuais a vida é muito corrida. Mas esperamos que com a divulgação desse singelo trabalho, todos aqueles que ainda não colaboraram passem a colaborar, nos enviando dados, documentos, fotos...
                            O trabalho que agora é apresentado durou um ano para ser concretizado. Exatamente, um ano.

                            Em tão pouco tempo foi possível descobrir muitas coisas, através de pesquisas em cartórios, igrejas, internet e outras árvores genealógicas. Lembramos que existem árvores genealógicas com dez, vinte ou mais anos (no site www.geneall.net, são muitos os exemplos). A nossa está nascendo agora. Terá muito tempo para crescer e com ajuda de todos, isso será fácil, com fé em Deus.
                            Os dados foram inseridos em 3 (três) sites públicos, onde ficarão apenas os parentes que nasceram até 1965: Erro! A referência de hiperlink não é válida., Erro! A referência de hiperlink não é válida. e Erro! A referência de hiperlink não é válida.. Nos demais locais, como apenas os parentes têm acesso, TODOS SERÃO CADASTRADOS.  Assim, na comunidade BORGES, ROCHAS E OUTROS (no ORKUT – apenas parentes têm acesso); no ORKUT do JOAQUIM MARQUES (só parentes têm acesso. São quase 3.000 fotos); e no NOSSO site, exclusivo dos  parentes: www.borgeserocha.com.br (entre em contato para obter LOGIN e SENHA, caso tenha acesso à internet), TODOS OS PARENTES SERÃO CADASTRADOS. Finalmente, existe um grupo no YAHOO, criado por uma colaboradora que estava procurando os seus parentes na internet e foi localizada. Trata-se da ROBERTA, descendente do Esmeraldo Chaves da Silva (http://br.groups.yahoo.com/group/BorgeseRocha).
                            Essa primeira edição está sendo divulgada de uma maneira simples e com certa pressa, para que se cumpra a meta estipulada.
                            Para a próxima edição, teremos tempo para cadastrar muitos outros parentes, além de acrescentar outras árvores já existentes e que, comprovadamente, são de nossos parentes.
                            Como poucos responderam sobre as doenças hereditárias em seus familiares mais próximos, ainda não será possível uma listagem das doenças mais comuns, que atingiram ou atingem nossos parentes. Também esperamos que com a divulgação que agora é feita, nos seja passada essa informação, de grande valia para todos. Considerando apenas as respostas que recebemos, em primeiro lugar vem a TIREÓIDE (o Vicente ou Neto, tem há mais de 15 anos. Toma um comprimido de Syntroid por dia e é controlada); em segundo PROBLEMAS CARDÍACOS; em terceiro o CÂNCER (a irmã do Vicente ou Neto – JANE CLEIDE - faleceu por causa dessa doença).
                            Pedimos desculpas pela simplicidade desta primeira edição. Mas prometemos melhorar. Notadamente, se muitos parentes passarem a colaborarem, o que certamente acontecerá, com fé em Deus.

                            Sabemos que muitos parentes não têm acesso à internet. Possuímos mais de 4.000 (quatro mil) fotos. Quase 3.000 (três mil) fotos estão disponíveis no ORKUT do JOAQUIM MARQUES (apenas parentes têm acesso). No próximo ano, com fé em Deus, divulgaremos um ÁLBUM DOS PARENTES, com as fotos daqueles mais idosos. No momento, a foto mais antiga que temos é do JOAQUIM MARQUES DA SILVA (filho do JOÃO BORGES DA SILVA e de MARIA MAGDALENA DA SILVA).
                            Veja com cuidado todos os dados na árvore genealógica. Localize o seu nome. Se não encontrar, procure por um familiar próximo e inclua o seu. NÃO SE ESQUEÇA DE NOS AVISAR, PARA QUE NAS PRÓXIMAS EDIÇÕES O SEU NOME APAREÇA.
                            Não importa quem você é. Se rico ou pobre, se doente ou sadio. O que conta aqui é o vínculo de parentesco, de afinidade... Se você for filho, neto, bisneto, etc. de qualquer nome existente na árvore, O SEU NOME TAMBÉM DEVERÁ CONSTAR. Se você se casou ou amigou com qualquer pessoa da árvore, também poderá reivindicar o direito de ter o seu nome na árvore. NÃO SEJA OMISSO(A).
                            Não guarde fotos ou documentos. O tempo irá destruí-los bem antes do que você imagina. Envie-nos, para que possamos digitalizá-los e passem a durar para sempre. Após a digitalização, você receberá o mesmo documento de volta. Assim procedendo, mesmo que o tempo destrua o seu documento ou foto, não conseguirá destruir a cópia que foi digitalizada e você sempre poderá requerer outra igual ou em melhor estado de conservação.
                            É importante (e necessário) que em toda árvore genealógica existam dados de pessoas que poderão prestar informações sobre a mesma. Para essa PRIMEIRA EDIÇÃO - 2009 toda e qualquer informação, sugestão, correção, inclusão, exclusão, etc., poderão ser feita através do TELEFONE: (0XX11) 3104-5030 (comercial); FAX: (0XX11) 3104-7907 (automático); E-MAILS: vicenteborges@vicenteborges.com.br; vicenteb@uol.com.br; marquinhos@borgesneto.adv.br; pedreirarocha@hotmail.com; ou ENDEREÇO: RUA MARIA PAULA, Nº 122, CONJS. 902 e 1.102, BELA VISTA, SÃO PAULO – CAPITAL -  CEP: 01319-907.
                            Agradecemos sua atenção e contamos com sua ajuda para que novos parentes (passados, presentes e futuros) possam ser descobertos e incluídos na NOSSA árvore.
                            Eventuais brigas passadas, pequenas discussões e outras besteiras mais, EM TODA FAMÍLIA TEM. Veja que na NOSSA árvore, por volta de 1824 já havia briga e por causa de patrimônio. Lembre-se que os bens materiais ficarão nesse mundo, onde estamos passando uma breve temporada. O importante é VOCÊ seguir o seu destino, “...perdoando os pecados dos seus devedores, para que possa ser, igualmente, perdoado por Deus.” Aproveite que estamos numa época do ano muito importante e procure se reunir com os seus parentes próximos e não se esqueça de parabenizar o aniversariante: JESUS!
                            Finalmente, muitos perguntaram o motivo pelo qual se resolveu fazer a ÁRVORE GENEALÓGICA dos nossos parentes. Abaixo existem várias transcrições de pessoas mais capazes e que fizeram ou fazem muito sucesso nas suas respectivas profissões. Melhor que elas respondam (veja, pelo menos, a parte grifada). Em seguida, você encontrará a NOSSA ÁRVORE GENEALÓGICA.
                            Um FELIZ NATAL e UM NOVO ANO CHEIO DE PAZ, ALEGRIA, SAÚDE E PROSPERIDADE PARA TODOS.
 
                            Obrigado pela paciência. Perdoem as nossas falhas.

                            São Paulo, dezembro de 2009.
Vicente (Neto), Marquinhos, Fabiana.

“É certo que o National Geographic está fazendo um levantamento dos marcadores genéticos.
No caso da linha masculina e da linha feminina existe a mesma identidade genética através dos haplogrupos Y (masculinos) e do DNA mitocondrial.
Todas as pessoas possuem a sua assinatura genealógico-genética de linhagem masculina e feminina ao longo de milhares de anos e de muitos séculos específicos. Aqui o maior laboratório é a FTDNA.

No caso das outras linhas é possível encontrar blocos genéticos autossomais comuns. O laboratório da 23andMe, por exemplo, permite a visualização de blocos genéticos comuns de primos, mesmo com muitas gerações de distância do antepassado em comum. É possível até mesmo a visualização da localização, sabendo-se em qual dos 23 cromossomos se encontra o bloco em comum.

As populações étnicas e nacionais são agrupadas em termos de lugares estatísticos.
Com os exames realizados, tudo pode ser consultado via internet nas páginas dos principais laboratórios de genealogia genética.” (Ricardo de Oliveira,  21/08/2009, site www.geneall.net, tópico: “Primos até à 5ª geração” – Grifei).
                            As transcrições que seguem foram copiadas no artigo escrito pelo DR. PEDRO WILSON CARRANO ALBUQUERQUE (Presidente de Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional do Ministério da Fazenda, autor de inúmeros livros, inclusive sobre genealogia – Os grifos são nossos).“(...).
Por outro lado, cada um de nós deve ter desejado saber de onde tirou uma ou outra característica, suas qualidades e defeitos. Como somos a soma de pedaços de nossos antepassados, conhecer tais ancestrais permite-nos melhor avaliar nossas atitudes e suas consequências, evitando erros ocorridos no passado.
A Genealogia, além de permitir-nos conhecer caracteres hereditários importantes para o conhecimento de nós próprios, dá-nos conhecimento das doenças que levaram ao túmulo os nossos ascendentes, alertando-nos sobre eventual predisposição a certos problemas com a saúde. O Jornal do Brasil, em 9 de janeiro de 1994, e a revista Veja, em sua edição de 21 de junho de 1995, publicaram artigos sobre o interesse dos norte-americanos na reconstrução da história das doenças de seus pais e avós visando à avaliação dos riscos de desenvolvimento de males genéticos.” (PEDRO WILSON CARRANO ALBUQUERQUE, 25/03/2000, “Considerações sobre genealogia”).
“A consanguinidade, ligando um número relativamente grande de indivíduos, permite ao genealogista a tomada de dados que, reunidos em forma conveniente, podem servir para o estudo analítico de caracteres hereditários importantes, revelando, ao mesmo tempo, o valor de cada um dos antepassados, pela transmissão de aptidões intelectuais, particularidades de temperamento, traços físicos, etc. Os quadros genealógicos não devem, portanto, ser constituídos unicamente de nomes e de datas. A simples descrição de ascendentes e descendentes torna as árvores genealógicas inexpressivas, áridas e vãs. A Genealogia moderna, aperfeiçoando seus métodos de pesquisa histórica, ilustra-os com informações detalhadas sobre os fatos principais de cada pessoa, sua carreira, hábitos, traços físicos, atributos intelectuais e outros.” (Jorge Godofredo Felizardo, na palestra O Ciclo das Gerações, realizada no Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul em 11 de outubro de 1941).
A restauração de cada linhagem deve ser uma tarefa de honra dentro de cada família. Todos devem colaborar para ela, formando-se por esse modo uma corrente contínua de solidariedade do presente com o passado e o futuro, e de radicado apelo ao solo querido que encerra os restos dos nossos maiores e que servirá de berço aos portadores dos nossos nomes quando nos chegar a vez de ir repousar ao lado daqueles.” (João Borges Fortes, em Troncos Seculares).
“Quem não gosta de saber donde veio? Quem não quer conhecer os seus e o que eles fizeram? De resto, pareceu-nos um dever, uma obrigação contraída com aqueles que já partiram e nos legaram um nome, fazê-los perpetuar no seio de nossa família, torná-los conhecidos para, a seu exemplo, os respeitar e prosseguir na sua esteira luminosa.” (Barão de Mearim, ou José Teodoro Correia de Azevedo Coutinho (64), em Genealogia do Barão de Mearim).
“Infelizes as famílias que não têm história. Não ter história é quase não ter nome; é quase não ter pátria. Felizes, ao contrário, as famílias que têm história, porque lhes é dado o júbilo de a recordar, porque ela constitui a fonte fecunda, inesgotável e profunda de suas energias morais; porque a cada passo, que dão, sentem, atrás de si, o rastro de sua própria imortalidade. Que é a nossa vida, senão a história que começa? Que é a história, senão a vida que continua? A história de nossa família, de nossa gente, de nossa casa está conosco. Respira perto de nós. A sua presença todos adivinham. Ora bela, ora triste, é uma grande história.” (Júlio Dantas (68), no livro Outros Tempos).

“Enquanto trabalhava em minha árvore genealógica, compreendi a estranha comunhão de destinos que me ligava aos meus antepassados. Tenho a forte impressão de estar sob a influência de coisas e problemas que foram deixados incompletos e sem resposta por parte de meus pais, meus avós e de outros antepassados. Muitas vezes parece haver numa família um carma impessoal que se transmite dos pais aos filhos. Sempre pensei que teria de responder a questões que o destino já propusera a meus antepassados, sem que estes lhes houvessem dado qualquer resposta: ou melhor, que deveria terminar ou simplesmente prosseguir, tratando de problemas que as épocas anteriores haviam deixado em suspenso.” (Declaração de Carl Jung, publicada na Carta Mensal nº 13 do Colégio Brasileiro de Genealogia).
Feliz aquele que se recorda com prazer dos seus antepassados; que conversa com estranhos sobre eles, suas ações e sua grandeza e que sente uma satisfação secreta por se ver como o último elo de uma bela corrente.” (Johann Wolfgang von Goethe (72), conforme citação de Henri Bordeaux em Le pays natal).
“E os genealogistas, obreiros de uma seara ingrata, num país de arquivos desbaratados, esforçam-se em reconstruir as trajetórias do povoamento por intermédio dos fios das gerações. De quanto é penoso o labor, posso dar testemunho pessoal pelo esforço que me exigiu estabelecer a ligação de minha família materna com os troncos dos primeiros vicentinos. Também sincero prazer me trouxe este êxito: sentir-me preso à terra pátria por quinze gerações.” (Alfredo d Esgragnolle Taunay (75), em discurso na Associação Brasileira de Letras).
O povo que não olha para o passado à procura de seus ancestrais jamais olhará para o futuro e para a posteridade.” (Winston Churchill (77), conforme citação do General Nicanor Porto Virmond em seu livro Genealogia de Frederico Guilherme Virmond).

Os povos que não recordam o passado são povos fadados ao perecimento.” (Trecho de conferência pronunciada pelo Presidente Tancredo Neves (78), publicado no Volume XIII da RIHGMG).

“Alguém há de perguntar - ´Por que ainda hoje há pessoas que se interessam por assuntos tão tolos como origem de famílias?` A todos estes respondo que é com o conhecimento de onde viemos que saberemos aonde vamos. Quer queiramos ou não são os nossos ancestrais que deram a formação mais profunda do nosso ser, do nosso existir.
É pois conhecendo as tendências, os modos de ser dos nossos, que saberemos lutar, com a ajuda de Deus, pelo que seremos e o que os nossos filhos serão. Desse modo, também a eles ofereçamos o gosto pelo conhecimento dos nossos.” (Carmen Coelho de Miranda Freire, em Notas Genealógicas das Famílias Correia, Meira Henriques, Albuquerque Maranhão, Vieira e Coelho).

A genealogia investiga o passado, identifica o presente e resguarda o futuro, identificando a humanidade, em um passado, que já foi presente, e em um presente, que já foi futuro. A Genealogia é para a Identificação o que as horas são para os séculos. Um, a tradição; o outro, o tempo; ambos, a história.” (Ricardo Gumbleton Daunt (81), no primeiro volume do Anuário Genealógico Brasileiro).
Ressuscitar as memórias das passadas gerações, e dentre o pó das histórias evocar todas as glórias das antigas tradições, é serviço, é incitamento, é missão honrada e nobre;...” (Júlio de Castilho (83), em Manuelinas).

“Cresce o papel da genética na prática da Medicina e os cientistas descobrem que, fora os acidentes e as doenças infecciosas, todos os demais problemas de saúde têm uma relação qualquer com a história familiar dos pacientes.” (Reportagem de capa da revista Veja, em edição de 21 de junho de 1995, de autoria de Eurípedes Alcântara).

Cada homem carrega a história de todos os que o precederam. E faz, por sua vez, em certa medida, a história de todos os que o seguirão. Nenhum de nós começa do princípio. Nascemos no meio de nossa própria história.” (Afirmação do Padre Daniel Lima registrada por Nelson Barbalho em seu Agreste Pernambucano e transcrita por Luís Wilson em sua obra Roteiro de Velhos e Grandes Sertanejos).
O culto dos antepassados é a mais antiga religião e está baseada na crença da imortalidade da alma. A principal responsabilidade dos vivos é com o culto dos ancestrais, cujos espíritos retribuem com sua proteção. Todavia, sem a lembrança dos vivos, os mortos não poderão persistir. Essa crença é o substrato das cinco grandes denominações asiáticas: hinduísmo, budismo, confucionismo, taoísmo e xintoísmo.” (Rogério C. de Cerqueira Leite, no artigo Culto de ancestrais permeia as religiões, publicado na edição da Folha de São Paulo de 30 de junho de 1997).
O homem é o extrato de seus antepassados.” (Ralph Waldo Emerson (88), conforme mencionado no livro Família & Poder, de Cláudio de Albuquerque Bastos).
“Milhares de genealogistas amadores estão descobrindo que a investigação da história de uma família constitui um passatempo fascinante e... compensador.” (John J. Stewart, em condensado de Family Weekly publicado no Reader s Digest de janeiro de 1968, conforme citação de Waldemar Rodrigues de Oliveira Leal em seu livro Genealogia - Famílias Nogueira da Gama e Gomes Leal).
“Há pessoas que não apreciam ´Genealogia`, não se interessam por saber quem é seu avô, bisavô ou trisavô; não querem saber de onde vêm, quais são os seus ascendentes. Ora, a Genealogia é a Ciência da nossa racionalidade, da marca indelével das nossas origens; diz de onde viemos, diz quem somos, diz quais são as nossas raízes, mostra-nos a nossa importância. A Genealogia exige paciência, perseverança e intercâmbio, mostra a necessidade da comunicação com outros Genealogistas e causa grandes surpresas e grandes emoções. Enfrenta grandes obstáculos, terríveis barreiras, surpreendentes interrogações. A Genealogia é uma paixão e quem nela entra dela não sai mais. A Genealogia é amor; amor aos antepassados. A Genealogia é gratidão; gratidão aos que nos antecederam nesta vida. A Genealogia é memória imperecível. A Genealogia quase se confunde com a Heráldica. A Genealogia atesta a importância de uma Família. A Genealogia é como o Livro; conserva a memória das gerações passadas contra a tirania do tempo e contra o esquecimento dos homens, que ainda é a maior tirania, e enaltece as gerações hodiernas. A Genealogia move os ânimos e causa grandes efeitos.” (Padre Reynato Breves, no artigo Novas Revelações da Genealogia, publicado na edição de 12-SET-1998 do Jornal da Cidade, de Barra do Piraí).


                                                            Genealogia

1)-JOÃO BORGES DA SILVA, nasceu na cidade de Feira de Santana ou Amargosa, Estado da Bahia, antes de 1849 (na certidão de casamento do seu filho Orêncio Borges da Silva, ocorrido em 04/06/1924, reza que a mãe do mesmo, MARIA MAGDALENA DA SILVA, esposa do JOÃO BORGES DA SILVA, contava com 75 anos. Logo, nasceu em 1849: 1924 – 75 = 1849. Como, na época, os homens eram mais velhos que suas esposas, certo que JOÃO BORGES DA SILVA nasceu antes de 1849). Faleceu no dia 18/12/1900, em Amargosa/BA (informação contida na  certidão de casamento do Orêncio Borges da Silva). Teve, ao menos, um filho com JOAQUINA CAROLINA D`OLIVEIRA CARNEIRO, que nasceu e faleceu em Feira de Santana/BA, por nome de CEZASSIO (ou CESÁRIO) BORGES CARNEIRO, que nasceu em Feira de Santana/BA e era negociante. Esse filho casou-se no dia 25/03/1897, na cidade de Amargosa/BA (LIVRO B-01, REGISTRO 19, FLS. 57, IGREJA DE AMARGOSA/BA), quando tinha 21 anos de idade (logo, nasceu no ano de 1876 : 1897 – 21 – 1876), com ANTONIA BASTOS, que tinha 17 anos de idade (nasceu, portanto, em 1880, na cidade de Amargosa/BA: 1897 – 17 = 1880). A noiva era filha do CAPITÃO LEÃO AUGUSTO ROCHA BASTOS e de MARIA PRISILINA DE MIRANDA BASTOS, residentes em Amargosa/BA. Quando desse casamento, a JOAQUINA CAROLINA D`OLIVEIRA CARNEIRO já era falecida e foi sepultada no cemitério de Feira de Santana/BA (informações colhidas na Certidão de Casamento do Cezassio ou Cesário e Antonia, emitida pelo Cartório de Registro Civil de Amargosa/BA, LIVRO B-01, FLS. 57, TERMO 19, tendo sido Juiz de Paz o Sr. Euclides Coutinho Muniz).
DADOS:
A)-CEZASSIO (ou CESÁRIO) BORGES CARNEIRO, casou-se no dia 25/03/1897, na cidade de Amargosa/BA, quando tinha 21 anos de idade, nasceu no ano de 1876 (1897 – 21 = 1876), em Feira de Santana/BA (Amargosa, casamento nº 19, Livro B-01, Fls. 57).
B)-JOAQUINA CAROLINA D`OLIVEIRA CARNEIRO, mãe do Cezassio ou Cesário, já era falecida em 25/03/1897 (data do casamento). Como o filho CEZASSIO ou CESÁRIO (que tinha 21 anos quando do casamento) nasceu em 1876 (1897 – 21 = 1876), presume-se que a JOAQUINA faleceu entre 1876 e 1897, em Feira de Santana/BA.  Já a sua data de nascimento é anterior a 1861 (nascimento do filho: 1876, menos a idade média que uma mulher gerava um filho: 15 anos = 1861), em Feira de Santana/BA;
C)-ANTONIA BASTOS, casou-se no dia 25/03/1897, na cidade de Amargosa/BA, quando tinha 17 anos de idade. Logo, nasceu no ano de 1880 (1897 – 17 = 1880), em Amargosa/BA;
D)-JOÃO BORGES DA SILVA, teve ao menos um filho em 1876, com JOAQUINA CAROLINA D`OLIVEIRA CARNEIRO. A data do seu nascimento é anterior a 1856 (1876 – 20), em Amargosa ou Feira de Santana/BA.
Entretanto, como visto acima (dados constantes no casamento do seu filho Orêncio), é certo que nasceu ANTES DE 1849. E faleceu em 18/12/1900, em Amargosa/BA (conforme certidão de  casamento de Orêncio Borges da Silva).
Na certidão de casamento de JOAQUIM MARQUES DA SILVA (filho do JOÃO BORGES DA SILVA e de MARIA MAGDALENA DA SILVA), reza que o mesmo (JOAQUIM) casou-se pela segunda vez em 10/05/1899.
O JOAQUIM era viúvo de MARIA JOAQUINA BORGES e quando desse segundo casamento declarou que tinha 32 anos (logo, se casou em 1899, menos 32 anos que tinha, nasceu em 1867). Mais uma vez comprova o fato do seu pai, JOÃO BORGES DA SILVA, ter nascido antes de 1849 (1867 – 20 = 1847).

Esse mesmo JOÃO BORGES DA SILVA teve uma filha com uma mulher chamada  FLORA, cujo nome era TEREZA e faleceu em Amargosa/BA (fato relatado por dois parentes. Mas não encontramos documentos).
CEZASSIO (ou CESÁRIO) BORGES CARNEIRO e ANTONIA BASTOS, tiveram, ao menos, um filho: JERSON BORGES CARNEIRO, que faleceu no dia 09/09/1908, em Amargosa/BA, quando tinha 4 anos (REG. 17, FLS. 5Vº, 09/09/1908 – AMARGOSA/BA).
/
1)-JOÃO BORGES DA SILVA, após o falecimento da JOAQUINA ou quando em vida desta, casou-se com MARIA MAGDALENA DA SILVA (obs. na Certidão de Nascimento do Valdelino consta o nome MARIA MADALENA DE OLIVEIRA, que era o seu nome de solteira). Nasceu, MARIA MAGDALENA, em 1849 (tinha 75 anos, quando do casamento do seu filho Orêncio, ocorrido em 04/06/1924 – 75 anos = 1849). Era filha de FELIPPE ANTONIO DE OLIVEIRA e de ANNA VICTÓRIA DO ESPÍRITO SANTO – conforme Escritura de Doação feita pelos mesmos para João Borges da Silva, no dia 13/06/1887. Nasceu na cidade de Feira de Santana (ou Amargosa), Estado da Bahia. Em outro documento, do mesmo lugar e época em que fora feita a doação, consta os nomes de alguns irmãos da ANNA VICTÓRIA, a saber: JOAQUINA MARIA DO ESPÍRITO SANTO, casada com JOSÉ ALEXANDRE PINTO; ZEFERINA DO ESPÍRITO SANTO, casada com REINALDO JOSÉ DE QUEIROZ;   JOANA MARIA DO ESPÍRITO SANTO (nasceu por volta de 1850 – Cert. Casamento de ANTONIO com MARIA FRANCISCA – Amargosa, FLS. 105, ocorrido em 01/12/1895. A JOANA vendeu terras para o seu cunhado, JOSÉ ALEXANDRE PINTO e irmã, JOAQUINA MARIA DO NASCIMENTO, nome de casada, no dia 18/03/1878, Cartório de Amargosa), GALDINO FELICIANO DO ESPÍRITO SANTO (casado com ANA CLARA MORBECK. Nasceu em 1886); GENÉSIO FELICIANO DO ESPÍRITO SANTO (casado com OTACÍLIA); JOAQUIM DIAS DO ESPÍRITO SANTO (na Escritura de 13/06/1887, já era falecido). JOÃO BORGES DA SILVA e MARIA MAGDALENA DA SILVA, TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:

1.1)-JOAQUIM MARQUES DA SILVA: é o único filho que assina MARQUES. Houve erro do cartório, como acontecera com o seu irmão JOSÉ ESTEVES E MANOEL PLÁCIDO.
Casou em primeiras núpcias com MARIA JOAQUINA BORGES, nascida em 23/11/1874, filha de DOMINGOS DA SILVA BORGES e de FRANCISCA DA SILVA BORGES, conforme Certidões de Nascimentos dos seus filhos MARIA BORGES DA SILVA, ROZALINA BORGES DA SILVA e outros.
Casou em segundas núpcias com SATURNINA CHAVES DA SILVA,  nascida em 1873 (tinha 26 anos quando do casamento: 1899 – 26 = 1873) filha de JOÃO EVANGELISTA GONÇALVES CHAVES e de PORCINA DO BONFIM, conf. Cert. de Casamento realizado no dia  10/05/1899 (REGISTRO 22, FLS. 93, Amargosa/BA).

Quando do seu segundo casamento, JOAQUIM contava com 32 anos. Nasceu, portanto, em 1867 (1899 – 32 = 1867), na Fazenda Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA.
FILHOS DO PRIMEIRO CASAMENTO (com MARIA JOAQUINA BORGES):
1.1.1)-AUGUSTO BORGES DA SILVA, nasceu no dia 06/10/1891, em Amargosa/BA (Certidão de Nascimento, Cartório de Amargosa/BA: Nascimento Nº 45, FLS. 21Vº e 22, do LIVRO A-06);
1.1.2)-ROZALINA BORGES DA SILVA, nasceu no 30/10/1892, em Amargosa/BA (Nascimento nº 122, Fls. 64, Livro 2, Itachamas, Amargosa/BA);
1.1.3)-VICENTE BORGES DA SILVA, nasceu no dia 06/09/1893, em Amargosa/BA (Certidão de Nascimento, Cartório de Amargosa/BA: Nascimento Nº 46, Livro A-06, FLS. 22 e 23Vº).  Faleceu no dia 17/07/1949, na Fazenda Teotônio, Irajuba/BA. Foi sepultado no cemitério de Ipauaté, Irajuba/BA (Vide “Cemitério Virtual”).  Casou com sua prima MARIA DOS ANJOS DA SILVA, filha de MARIA FRANCISCA (vide item 1.12.1, página 99).  TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.3.1)-EUGÊNIO BORGES DA SILVA, nasceu em Irajuba/BA, em 21/12/1916. Faleceu em 15/01/1917 e foi sepultado em Ipauaté/BA;
1.1.3.2)-ANTONIA BORGES DA SILVA (NAZINHA), nasceu no dia 22/09/1920 (Cert. Nasc. Nº 179, Livro A-02, fls. 87V E 88, Cartório de Itachamas), no município de Amargosa/BA. Casou em Ibitinga, município de Planaltino, Comarca de Maracás/BA, no dia 27/12/1943 (Livro 3, FLS. 40/41, CASAMENTO Nº 339) com CÂNDIDO JOSÉ VIEIRA (filho de ROMÃO JOSÉ VIEIRA e MARIA TORQUATO VIEIRA), que nasceu no dia 18/05/1905, em Irajuba/BA. ANTONIA faleceu no dia em 21/09/1991, no município de São Paulo/SP e foi sepultada no cemitério da Vila Formosa (Cert. Óbito Nº 32.504, Fls. 197 V, Livro C-34, Cartório de Itaquera/SP) e CÂNDIDO, faleceu no dia 03/10/1958, em São Bento, município de Poções/BA. Seus filhos são:
1.1.3.2.1)-MARIA LEDA BORGES VIEIRA, nasceu no dia 02/11/1944, no município de Santa Inês, Estado da Bahia, foi registrada no Cartório de Irajuba. Casou no dia 17/08/1964, na cidade de Gabiarra/BA, com ANILDO INÁCIO PEREIRA, nascido no dia 29/06/1945, na cidade de Itagimirim/BA. Tiveram grande geração.
1.1.3.2.2)-SALVADOR BORGES VIEIRA, nascido no dia 29/11/1945, no município de Irajuba/BA, foi registrado no Cartório de Irajuba/BA. Casou com NILVA ALVES PEREIRA VIEIRA, no dia 23/08/1980, na cidade de São Paulo/SP. Com geração.
1.1.3.2.3)-AMARILDO BORGES VIEIRA, nasceu no dia 22/09/19__, no município de Salto da Divisa, Estado de Minas Gerais, foi registrado no Cartório de Salto da Divisa/MG. Casou com LUZENI DE ARAÚJO VIEIRA, no dia 07/09/1974, na cidade de São Paulo/SP. Com geração.
1.1.3.2.4)-MARLI BORGES VIEIRA DE ARAÚJO, nasceu no dia 12/12/1950, no município de Irajuba, Estado da Bahia, foi registrada no Cartório de Irajuba/BA. Casou no dia 15/12/1979, na cidade de São Paulo/SP, com LORIVALDO MOREIRA DE ARAÚJO, nascido no dia 21/02/1947, em Itagimirim/BA. Com geração.
1.1.3.3)-ADELINA BORGES DA SILVA nasceu no dia 20/02/1925, em Irajuba/BA. Casou em Irajuba/BA, no dia 14/11/1950 (Casamento nº 076, Livro 02-B, Fls. 14 e V), com LAURIANO ROCHA DA SILVA, seu primo, que nasceu no dia 05/05/1927, (vide capítulo 1.3.10.2) Logo, são primos. TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.3.3.1)-CLOVIS BORGES DA SILVA, nasceu no dia 05/01/1952, no município de Nova Itarana/BA. Casou em São Paulo/SP, com ANA MARIA ALMEIDA NASCIMENTO, nascida no dia 26/07/1958, com geração.
1.1.3.3.2)-ANTONIO BORGES DA SILVA, nasceu em 01/03/1953, em Nova Itarana/BA. Faleceu em 15/03/1953, em Nova Itarana/BA;
1.1.3.3.3)-HILDEBRANDO BORGES DA SILVA, nascido no dia 07/06/1954, no município de Nova Itarana/BA. Casou-se em Poções/BA, no dia 06/07/1985, com ROSIMEIRE PEREIRA DE SOUZA SILVA, nascida no dia 11/11/1965, em Poções/BA, Com geração.
1.1.3.3.4)-JANE CLEIDE BORGES DA SILVA, nasceu no dia 05/07/1955, no município de Iaçu/BA. Casou na cidade de Iaçu/BA, com JOSÉ FAZIONATO PEREIRA, natural de Muriaé/MG, nascido no dia  18/01/1947.  A Jane faleceu no dia 07/02/2004, em São Paulo/SP e sepultada no cemitério de Iaçu/BA. Com geração.
1.1.3.3.5)-VICENTE BORGES DA SILVA NETO - O PRIMEIRO, nasceu no em 26/11/1958 (Nascimento nº 378/78, Livro A-10, Fls. 103). Faleceu no dia seguinte (27/11/1958);
1.1.3.3.6)-VICENTE BORGES DA SILVA NETO - O SEGUNDO, nasceu no em 01/10/1960. Faleceu em cinco meses depois (02/03/1961). Sepultado no Faustino;
1.1.3.3.7)-VICENTE BORGES DA SILVA NETO (Ufa!),  nasceu no dia 14/05/1962 (Nascimento nº 1.496, Livro A-12, Fls. 35V), no Faustino, município de Iaçu/BA. Casou-se com NEIDE GUIMARÃES REGE (vide item 2.1.5, pág. 101), nascida no dia 16/08/1962. Com geração.
1.1.3.3)-LAURIANO ROCHA DA SILVA, após separado, teve mais três filhos com SENHORA CONCEIÇÃO SANTOS, nascida em 01/05/1963 (filha de CECÍLIA CONCEIÇÃO SANTOS).
1.1.3.4)-JOÃO BORGES DA SILVA: nascido no dia 24/11/1926, em Irajuba/BA.  Faleceu no dia 19/10/1968, às 23:00 horas, em Salto da Divisa, Minas Gerais/MG (Óbito nº 523, Livro C-01, Fls. 290Vº). Casou em Irajuba/BA, no dia 16/04/1951 (Casamento Nº 86, Livro 02-B, Fls. 24 e Vº), com ILDA CARDOSO DA SILVA, nascida no dia 04/06/1930. TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS: 
1.1.3.4.1)-CLEUSA BORGES DA SILVA: nasceu no dia 09/03/1953. Casou com DANIEL PEREIRA DA SILVA, no dia 20/03/1982, na cidade de São Paulo. Com geração.
1.1.3.4.2)-EUZA BORGES DA SILVA: nasceu no dia 09/03/1954. Casou com AGEMIRO PEREIRA DA SILVA, nascido em 09/11/1944. Com grande geração.
1.1.3.4.3)-HUMBERTO BORGES DA SILVA: nasceu no dia 23/08/1956, em Salto da Divisa/MG. Casou com IRACEMA COSTA LOURENÇO DA SILVA, no dia 20/12/1980, na cidade de São Paulo. Com geração.
1.1.3.4.4)-MARIA NEIDE BORGES DA SILVA: nasceu no dia 02/07/1960. Casou com ELOISIO PEDRO OLIMPO, no dia 15/08/1981, na cidade de São Paulo. Com geração.
1.1.3.4.5)-ROZELI BORGES DA SILVA: nasceu no dia 24/02/1963, em Salto da Divisa/MG;
1.1.3.4.6)-JOÃO BORGES DA SILVA FILHO: nasceu no dia 09/09/1967, na cidade de Salto da Divisa, Estado de MG. Casou com GISLAINE MIGUEL RUELA, no dia 05/01/1994, na cidade de São Paulo. Com geração.
1.1.3.5)-EDMUNDO BORGES DA SILVA: nasceu no dia 03/01/1929, em Irajuba/BA. Casou em Uru/SP, com INAIR LOPES RODRIGUES DA SILVA  (nascida no dia 22/10/1934, filha de MARIA RODRIGUES ESCRIVÃO e de SALVADOR LOPES). Faleceu no dia 13/05/1981, no Hospital da Beneficiência Portuguesa, em São Paulo-SP e foi sepultado no cemitério do Horto Florestal. TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.3.5.1)-ROSALI BORGES DA SILVA: nasceu no dia 22/08/1953 (após o casamento: ROSALI BORGES CURIONI). Casou com FLÁVIO ROBERTO CURIONI (nascido em 02/11/1949, filho de NOEMIA ANTUNES CURIONI e JOSÉ CURIONI). Com geração.
1.1.3.5.2)-LEORIDES BORGES DA SILVA: nasceu no dia 27/09/1956 (após o casamento:  LEORIDES BORGES DA SILVA LEITE). Casou com PAULO ANTONIO LEITE (nascido em 25/06/1953). Com geração.
1.1.3.6)-EURÍPEDE BORGES DA SILVA, nascido no dia 04/07/1930, no município de Irajuba/BA (no Título de Eleitor aponta Poções/BA. Entretanto, a Maria dos Anjos, sua mãe, nem chegou a conhecer Poções). Faleceu em 05/10/1965, às 16:30 horas, em Irajuba/BA (Óbito 601, Livro 2, Fls. 193) e sepultado no Ipauaté. Não chegou a se casar. Porém tem um filho que ainda não foi encontrado;
1.1.3.7)-EUSTÁQUIO BORGES DA SILVA: nascido no dia 14/11/1931, em Irajuba/BA. Casou-se em URU/SP, no dia 09/01/1960, com MARIA APARECIDA GARCIA BORGES (nascida no dia 15/09/1937). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.3.7.1)-ADEVANIL APARECIDO BORGES, nasceu no dia 28/05/1961, na cidade de URU/SP. Casou com JOANA  PEREIRA BORGES, no dia 22/05/1986, na cidade de São Carlos/SP. JOANA nasceu no dia 23/05/1960 na cidade de Ibitinga/SP. Com geração.
1.1.3.7.2)-JOSÉ ALCIR BORGES DA SILVA: solteiro, nasceu no dia 01/01/1963, na cidade de URU/SP. Com geração.
1.1.3.7.3)-ALAIDE FÁTIMA BORGES, nasceu no dia 27/05/1964, na cidade de Balbinus/SP. Casou com SAMIR CELSO CESARETTI, no dia 09/05/1987 (o SAMIR nasceu no dia 05/10/1961, na cidade de São Carlos/SP). Com geração.
1.1.3.7.4)-EDSON ROBERTO BORGES DA SILVA, nasceu em 26/12/1965, em Novo Horizonte/SP. Casou com MARIA DO CARMO RODRIGUES DAS NEVES BORGES DA SILVA, nasceu em 29/12/1962.  Com geração.
1.1.3.8)-EDITE BORGES DA SILVA, nasceu em Irajuba/BA, em 09/01/1933. Faleceu e foi sepultada em Ipauaté/BA;
1.1.3.9)-JOAQUIM BORGES DA SILVA: nascido no dia 08/04/1934, em Irajuba/BA. Casou com MARIA RITA BISPO. Faleceu no dia 08/03/1988, em Ariquemes, Rondônia/RO (na Linha C-45, BR-364, às 13:00 HORAS). Com grande geração.
1.1.3.10)-EDSON BORGES DA SILVA: nascido no dia 23/12/1935, na Fazenda Teotônio, município de Irajuba/BA. Casou em Itajubá/MG com ZENAIDE MARIA DA SILVA (nasceu no dia 23/04/1956, em Cristina/MG). Faleceu no dia 11/07/2003, na Santa Casa de Montes Claros/MG e foi sepultado no cemitério Jardim da Esperança, Montes Claros/MG (vide cemitério virtual). Com geração.  
1.1.3.11)-MANOEL BORGES DA SILVA (NEQUINHA): nascido no dia 08/06/1937 -  Certidão de Nascimento nº 3.208, FLS. 49, LIVRO 7, Cartório de Registro Civil de Irajuba/BA). Casou em Irajuba/BA, no dia 10/07/1964, com JOSEFINA ALMEIDA DA SILVA  (nascida no dia 04/04/1939, na cidade de Maracás/BA). Com grande geração.
1.1.3.12)-ISAURINA BORGES DA SILVA (ZAZE - após o casamento, passou a chamar-se ISAURINA BORGES MACEDO), nascida no dia 16/06/1940, no município de Irajuba/BA. Casou em Ipauaté, Irajuba/BA, com ANTONIO MACEDO. Com grande geração.
1.1.3.13)-OSCAR BORGES DA SILVA, faleceu 30 dias após o nascimento em Irajuba/BA. Sepultado em Irajuba/BA, cemitério de Ipauaté/BA;
1.1.3.14)-ROMÁRIO BORGES DA SILVA, nasceu em Irajuba/BA. Faleceu dias após o nascimento e foi sepultado em Ipauaté/BA;
1.1.3.15)-FIDELCINA BORGES DA SILVA, nasceu em Irajuba/BA. Faleceu dias após o nascimento e foi sepultada em Ipauaté/BA;
1.1.3.16)-NEUZA BORGES DA SILVA, nasceu em Irajuba/BA. Faleceu e foi sepultada em Ipauaté/BA
1.1.4)-MARIA BORGES DA SILVA DIAS (nome de casada): nasceu no dia 25/03/1898  (Nascimento nº 123, Livro 2, Fls. 64, Vº, Cartório de Itachamas, Tartaruga, município Amargosa/BA) em Amargosa/BA. Casou com FRANCISCO CERQUEIRA DIAS, TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.4.1)-MADALENA CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 30/11/1922, em Amargosa/BA. Casou-se com ________, na cidade de ________________/SP. Faleceu na cidade de São Paulo/SP.
1.1.4.2)-JOÃO CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 26/02/1926, em Amargosa/BA. Casou em Pirajuí/SP, com MATILDE DA SILVA DIAS (nascida no dia 06/10/1926);
1.1.4.3)-NARCISO CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 22/02/1927, em Amargosa/BA. Casou com ANITA GONÇALVES, no dia 01/10/1953, na cidade de Pirajuí/SP;
1.1.4.4)-PEDRO CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 03/04/1928, em Amargosa/BA. Casou com HILDA DIAS; 
1.1.4.5)-JUDITE CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 16/07/1929, em Amargosa/BA. Casou no dia 26/05/1949, na cidade de Nova Itarana/BA com JERÔNIMO JOSÉ DA COSTA (nasceu em 15/03/1929. Filho de ROSA TEODORA DA COSTA). FILHA:
1.1.4.5.1)-CLEONICE C. COSTA:
1.1.4.6)-SALVADOR CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 17/07/1932, em Amargosa/BA. Casou com LOURDES DIAS;
1.1.4.7)-ANTONIO CIRQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 05/11/1935 em Amargosa/BA. Casou com __
1.1.4.8)-DERALDO CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 04/02/1936, em Amargosa/BA. Casou com ________, que nasceu no Estado de São Paulo;
1.1.4.9)-JOSÉ CERQUEIRA DIAS. Nasceu no dia 18/08/1938, em Amargosa/BA. Casou no dia 25/02/1961, em Uru/SP, com AMINADAB LOPES DIAS, que nasceu no dia 01/07/1938. TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.4.9.1)-SOLANGE CIRQUEIRA DIAS PÁDUA, nascida no dia 13/02/1962, casou com JAITER PEREIRA PÁDUA, nascido no dia 14/12/1961, na cidade de  Ribeirão Preto/SP. Com geração.
1.1.4.9.2)-JOSÉ CIRQUEIRA DIAS FILHO, nascido no dia 11/09/1964, na cidade de São Paulo, casou com ELIANA APARECIDA SILVA DIAS, nascida no dia 18/09/1964. Faleceu no dia 23/06/2004 e foi sepultado em São Paulo. Com geração.
1.1.4.9.3)-SELOMI CIRQUEIRA DIAS (após o casamento, acrescentado o sobrenome SÃO JOSÉ),  nascida no dia 22/06/1973 na cidade de São Paulo, casou com MARCELO SÃO JOSÉ, nascido no dia 01/07/1975, na cidade de São Paulo. Com geração.

1.1.4.9.4)-ANTONIO CERQUEIRA DIAS, casou com EUNICE, com geração.
1.1.5)-PORCINA BORGES DA SILVA, nasceu no dia 03/03/1899, em Amargosa/BA. Casou-se com ANTONIO DA COSTA AMARAL, TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.5.1)-FLORIANO CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.2)-JOÃO CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.3)-BRÁULIO CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.4)-AMAURÍLIO CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.5)-AGOSTINHO CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.6)-MANOEL CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.7)-MARIA JOSÉ CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.8)-MARIA CHAVES DA COSTA. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.9)-MAURINHA CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.10)-RAIMUNDA CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.11)-LAÍS CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.5.12)-MARGARIDA CHAVES DO AMARAL. Nasceu na Bahia. Com geração.
1.1.6)-ALEXANDRE BORGES DA SILVA, nasceu no dia 21/03/19__, em Amargosa/BA;
FILHOS DO SEGUNDO CASAMENTO (c/ SATURNINA CHAVES DA SILVA):
1.1.7)-ESMERALDO CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 02/10/1901, em Amargosa/BA. Foi casado em primeiras núpcias com NALU DOS SANTOS (que nasceu no município de ___________/BA, faleceu no dia ___/___/____ e foi sepultada no cemitério da cidade de ___________/BA). ESMERALDO casou em segundas núpcias com MARIA ADELINA DE ANDRADE (nasceu no dia 19/06/1906, era filha de JOVINO BATISTA DE ANDRADE e de MARIA MINERVINA DE ANDRADE). Faleceu no dia 12/01/1969, no Dez Réis, Milagres/BA.  Foi sepultado na Lagoa do Coelho (uma fazenda próxima do Dez Réis - Óbito Nº 2.033, Livro C-02, Fls. 262 – existe foto do túmulo no “Cemitério Virtual” – Orkut). TIVERAM AS SEGUINTES FILHAS:
1.1.7.1)-LOURDES BORGES DOS SANTOS. Nasceu no dia 13/09/1932, em Tartaruga, Amargosa/BA e faleceu no dia 09/07/1997, na cidade de São Paulo/SP. Era casada com MANOEL LAUDELINO CABRAL, nascido no dia 24/08/1928, na cidade de Tartaruga, Amargosa/BA e tiveram a filha:
1.1.7.1.1)-MARIA  NOELDES CABRAL MORAES, nascida no dia 05/06/1958.
1.1.7.2)-IRACI ANDRADE BORGES. Nasceu no dia 28/04/1943, na cidade de ___________/BA. Casou com JOÃO GIANINI, de quem se divorciou. Com geração.
1.1.7.3)-FLORIZA BORGES DOS SANTOS. Nasceu no dia ___/__/19___, em Tartaruga, Amargosa/BA e faleceu no dia ___/___/19___, na cidade de São Paulo/SP. Casada e com geração.
1.1.7.4)-MARÍLIA ANDRADE DA SILVA. Nasceu no dia 13/04/1946, na cidade de Santo Antonio de Jesus/BA. Casada com CLIDENOR DANTAS DA SILVA, nascido no dia 31/07/1941, na cidade de Caicó/Rio Grande do Norte. Com geração.
1.1.8)-MANOEL CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 20/02/1903, em Amargosa/BA. Faleceu no dia 21/12/1983, em Amargosa/BA. Foi casado com SENERINA MARIA DE JESUS (DA SILVA - nasceu no dia 17/01/1907, no município de Amargosa/BA, faleceu no dia 04/06/2000 e foi sepultada no cemitério da cidade de Amargosa/BA. SENERINA era filha de MANOEL BAPTISTA FERREIRA e de  MARIA DAS NEVES DE JESUS). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.8.1)-VALDETE CHAVES DA SILVA. Nasceu no dia 08/02/1929, na cidade de Amargosa/BA. Falta saber com quem casou, quais filhos, etc;
1.1.8.2)-JOAQUIM BATISTA CHAVES. Nasceu no dia 18/11/1930 no Dez-Réis, distrito de Amargosa/BA. Faleceu no dia 05/09/1985, na cidade de Itaberaba/BA.  Casou no dia 26/07/1958, com LÍDIA ANDRADE CHAVES (nasceu no dia 30/08/1929, no Dez Réis, Distrito de Amargosa/BA). Com geração.
Antes do casamento, JOAQUIM BATISTA CHAVES teve um filho com DETE, cujo nome é ANTONIO GILVAN PEREIRA DE JESUS, que nasceu no Dez Réis, distrito de Amargosa/BA. Teve, ainda, uma filha com MARIA ROSA, por nome de SIRLENE CHAVES DA SILVA,  também nascida no Des Réis;
1.1.8.3)-JURACY CHAVES DA SILVA. Nasceu no dia 16/11/1933, no subdistrito de Itachama, Comarca de Amargosa/BA (Cartório de Itachama, Cert. de Nascimento Nº 765, Livro A-09, Fls. 26Vº e 27). Falta saber com quem casou, quais filhos, etc;
1.1.8.4)-RITA CHAVES DA SILVA. Nasceu no dia 15/05/1935, no subdistrito de Itachama, Comarca de Amargosa/BA (Cartório de Itachama, Cert. de Nascimento Nº 766, Livro A-09, Fls. 27Vº). Falta saber com quem casou, quais filhos, etc;
1.1.8.5)-FRANCISCA BATISTA CHAVES DE ANDRADE. Nasceu no dia 04/10/1937, na cidade de Tartaruga, Amargosa/BA. Casou no Dez Réis/BA, no dia 08/10/1962, com RAIMUNDO BORGES DOS SANTOS (nasceu no dia 06/04/1926, na Serra da Tartaruga, Amargosa/BA). Com grande geração.
1.1.9)-JOÃO CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 06/10/1906, na Fazenda Julião Garimpo, Tartaruga, Amargosa/BA e faleceu no dia 07/07/1995, em Brasília/DF (Óbito nº 10.625, Livro C-19, Fls. 243, em 10/07/1995). Casou em Irajuba/BA, com MARIA REBOUÇAS DA SILVA (nome de solteira era MARIA REBOUÇAS QUEIROZ), que nasceu no dia 10/09/1908, em Amargosa/BA.  Faleceu em Brasília/DF, no dia 24/06/1984 (Óbito nº 4.066, Livro C-04, Fls. 220). MARIA REBOUÇAS DA SILVA era filha de MANOEL JOSÉ DE QUEIROZ e de ACELINA REBOUÇAS DE QUEIROZ.  TIVERAM (JOÃO CHAVES E MARIA REBOUÇAS) OS FILHOS:
1.1.9.1)-ROMILDA REBOUÇAS PEIXOTO: cCasou com ISMAEL LOPES PEIXOTO - APENAS SE APLICÁVEL).   Tiveram os seguintes filhos:
1.1.9.1.1)-ANTONIO REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.2)-JULIETA PEIXOTO DE SOUZA
1.1.9.1.3)-MARIA REBOUÇAS  PEIXOTO
1.1.9.1.4)-MARIA JOSÉ PEIXOTO
1.1.9.1.5)-RAIDALVA PEIXOTO PÉCORA
1.1.9.1.6)-NAILTON REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.7)-MARIVALDO REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.8)-MARLENE REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.9)-RAIRTON REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.10)-LUZIVAL REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.11)-LUZINETE PEIXOTO
1.1.9.1.12)-LUZIVANDA PEIXOTO
1.1.9.1.13)-ALUISIO REBOUÇAS PEIXOTO
1.1.9.1.14)-ALESSANDRA REBOUÇAS PEIXOTO

1.1.9.2)-GILDÁSIO REBOUÇAS DA SILVA: nasceu no dia 26/05/1931, em Itachama, município de Amargosa/BA (Cartório de Registro Civil de Itachama, Comarca de Amargosa/BA, Nascimento Nº 785, Livro A-09, Fls. 42 e Vº). Casou com MARIA PINHEIRO DA HORA, - APENAS SE APLICÁVEL).   Tiveram os seguintes filhos:
1.1.9.2.1)-MARINI DA HORA SILVA
1.1.9.2.2)-MARLI DA HORA SILVA
1.1.9.2.3)-GENILTON  DA HORA SILVA
1.1.9.2.4)-GENIVAL DA HORA SILVA
1.1.9.2.5)-GILVANDO DA HORA SILVA
1.1.9.2.6)-JOÃO CHAVES NETO

1.1.9.3)-DEUSDETE REBOUÇAS LOPES (nome de solteira era DEUSDETE REBOUÇAS DA SILVA): nasceu no dia 29/11/1927, em Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Brasília, Distrito Federal, no dia 18/01/2007 e foi sepultada no cemitério de Lagoa dos Coelhos, município de Milagres/BA (vide placa, "Cemitério Virtual"). Casou no município de __________, Estado da Bahia, com JOEL LOPES PEIXOTO, que nasceu no dia 19/11/1925, no Estado da Bahia e era filho de GUILHERMINA LOPES PEIXOTO e de _______. Tiveram a seguinte filha:
1.1.9.3.1)-CLAUDIOMIRA LOPES PEIXOTO

1.1.9.4)-DORALICE REBOUÇAS DA SILVA (após o casamento, DORALICE REBOUÇAS DA HORA), nasceu no dia 20/01/1933,  em Itachama, município de Amargosa/BA (Cartório de Registro Civil de Itachama, Comarca de Amargosa/BA, Nascimento Nº 786, Livro A-09, Fls. 42, Vº e 43). Casou em 22/04/1956, no município de Irajuba/BA, com JUVINO JERÔNIMO DA HORA, que nasceu no dia 05/04/1921 e faleceu no dia 02/03/2005. O casal teve a filha:
1.1.9.4.1)-VALNEIDE REBOUÇAS DA HORA, nascida no dia 08/04/1957, casada com DILSON SILVA DA HORA, nascido no dia 19/01/1957. Com geração.

1.1.9.5)-MARGARIDA REBOUÇAS DA SILVA (após o casamento, MARGARIDA DA SILVA TEIXEIRA), nasceu no dia 03/04/1935, em Itachama, município de Amargosa/BA (Cartório de Registro Civil de Itachama, Comarca de Amargosa/BA, Nascimento Nº 787, Livro A-09, Fls. 43 e Vº). Casou com ADEMÁRIO DE ALMEIDA TEIXEIRA, - APENAS SE APLICÁVEL).   Com grande geração.
1.1.9.6)-MARIA DA SILVA MATOS: casou com PAULO BARBOSA DE MATOS, - APENAS SE APLICÁVEL).   Com geração.
1.1.9.7)-ANTONIO REBOUÇAS DA SILVA: nasceu no dia 06/01/1937, em Itachama, município de Amargosa/BA (Cartório de Registro Civil de Itachama, Comarca de Amargosa/BA, Nascimento Nº 788, Livro A-09, Fls. 43, Vº e 44). Casou com CELIDALVA BRANDÃO DA SILVA, - APENAS SE APLICÁVEL).   Com grande geração.
1.1.9.8)-RAIMUNDA REBOUÇAS DA SILVA OLIVEIRA, casou com OSVALDO ALMEIDA DE OLIVEIRA, - APENAS SE APLICÁVEL). Com grande geração.

1.1.10)-JOANA CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 24/04/1908 (provável), na Fazenda Julião Garimpo, Tartaruga, Amargosa/BA. Nada sabemos sobre a mesma;
1.1.11)-HERONDINA CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 18/11/1910, na Fazenda Julião Garimpo, Tartaruga, Amargosa/BA. Faleceu no dia 13/06/1992, em Amargosa/BA. Foi sepultada no cemitério de Tartaruga (morava no Dez Réis). Era casada com ESMAEL TELES DE MENEZES. FILHOS:
1.1.11.1)-MARILENA MENEZES DE ANDRADE. Nasceu no dia 25/03/1951, em ______________/BA. Casou no dia 01/07/1974, na cidade de ____________/BA, com NATAL MENEZES DE ANDRADE, que nasceu no dia 08/12/1946, Com grande geração.
1.1.12)-JERÔNIMO CHAVES DA SILVA, nasceu no dia  30/09/1910, na cidade de Amargosa/BA. Casou com OLGA LOPES DA SILVA (que nasceu em 15/12/1909. Faleceu no dia 30/06/1993, no Hospital Português, Salvador/BA, sendo sepultada no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. Era filha de ANTONIO LOPES RIOS e de ALVELINA ALMEIDA ANDRADE). Faleceu no dia 21/03/1988, em Salvador/BA e foi sepultado em Tartaruga (foto no “Cemitério virtual”). TIVERAM, JERÔNIMO E OLGA, OS SEGUINTES FILHOS:
1.1.12.1)-FERNANDO LOPES DA SILVA. Nasceu no dia 27/05/1947 em Brejões/BA e faleceu no dia 31/08/1996. Era casado com JANETE ALMEIDA LOPES DA SILVA, que nasceu no dia 27/09/1950. Com geração.
1.1.12.2)-JAIME LOPES DA SILVA. Nasceu no dia  23/05/1942, na cidade de Brejões/BA. Faleceu no dia  14/07/1996 e sepultado no mesmo município (Brejões);
1.1.12.3)-RAYMUNDA LOPES SILVA DE CERQUEIRA. Nasceu no dia  10/07/1937, no Dez Réis, Tartaruga/BA.  Casou-se com ARQUIMEDES DE CERQUEIRA SOBRINHO, que nasceu no dia 04/05/1935, na cidade de Frei Paulo, Estado do Sergipe. Com grande geração.
1.1.12.4)-ALVELINA LOPES DA SILVA. Nasceu no dia 04/02/1944, na Fazenda Vãos, município de Brejões/BA;
1.1.12.5)-ROSELY LOPES SILVA DE MIRANDA. Nasceu no dia  04/03/1941,  na Fazenda Queixo Quebrado, município de Amargosa/BA. Casou-se com JOÃO AURÉLIO MIRANDA, com grande geração.
1.1.13)-JOSÉ CHAVES DA SILVA, nasceu no dia 23/04/1913 (provável), em Amargosa/BA (fomos informados que os seus filhos moram em São Paulo. Ainda não localizamos).
1.1.14)-VERÔNICA CHAVES DA SILVA, sabemos apenas que não se casou.
1.1.15)-VERÔNICA CHAVES DA SILVA, sabemos apenas que não se casou.
1.2)-ORÊNCIO BORGES DA SILVA, nasceu no dia 22/01/1888 (conforme Certidão de Casamento do mesmo), na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu no dia 30/05/1943 (óbito nº 3.792, às fls. 193, do livro C-31 – Cartório de Registro Civil de Amargosa/BA), na Vila Tartaruga, Rua Almeida Sampaio, Amargosa/BA. Foi sepultado na Santa Casa de Misericórdia de Amargosa/BA  (existe foto do túmulo no “Cemitério Virtual” – Orkut). Casou-se em 20/09/1924, com ELZITA PARAGUASSÚ BORGES (nome de solteira: ELZITA DANTAS PARAGUASSU), que nasceu no dia 17/10/1903 (conf. Certidão de casamento), filha de THEOTÔNIO DANTAS PARAGUASSÚ (nasceu em 1860) e de MARIA RUBIAM PARAGUASSÚ (nasceu em 1868). Tiveram mais o filho THEOTÔNIO PARAGUASSÚ FILHO  (Nascimento nº 3.160, Livro A-33, Fls. 02, Cartório de Amargosa/BA).TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:

1.2.1)-IVES PARAGUASSU BORGES, nasceu em 10/01/1926, em Amargosa/BA (Livro 3, FLS. V-24, Cartório de Amargosa/BA). Faleceu no dia 14/04/2009, em Amargosa/BA. Casou com MARIA JOSÉ DA CRUZ BORGES, que nasceu em 15/11/1928 (filha de IZABEL CARDOSO e de JOSÉ PEDRO DA CRUZ). Tiveram os filhos: ORÊNCIO BORGES DA SILVA NETO, nascido no dia 31/03/1954 e MARIA ELIZABETH DA CRUZ BORGES, que nasceu no dia 22/04/1958, em Amargosa/BA (Nascimento Nº 12.748, Livro A-65, Fls. 183);

1.2.2)-FERNANDO PARAGUASSU BORGES, nasceu em 24/01/1927, em Amargosa/BA. Faleceu no dia 03/02/2009 e foi sepultado no cemitério de Jardim da Saudade, Amargosa/BA;
1.2.3)-ELZA BORGES MEDRADO (nome após o casamento), nasceu em 14/06/1928, em Amargosa/BA;
1.2.4)-WALTER PARAGUASSÚ BORGES, nasceu em 12/11/1931, em Tartaruga, município de Milagres/BA (Certidão de Nascimento Nº 59, Fls. 27/28, Livro 4 – Cartório de Milagres/BA). Casou em 20/12/1973 com MARIA ROSALY SILVA BORGES, nascida no dia 25/03/1950, em Amargosa/BA, filha de AMBRÓSIA SILVA OLIVEIRA;
1.2.5)-LUIZ BORGES PARAGUASSU, nasceu em 29/07/1933, às 9:00 horas, em Tartaruga (que era município de Milagres/BA – Nascimento Nº 115, FLS. 37, LIVRO 05, Cartório de Milagres/BA);
1.2.6)-MARGARIDA PARAGUASSU BORGES DA SILVA (após o casamento, excluiu o "da Silva" e acrescentou o sobrenome FERRO), nasceu em 17/10/1935, em Amargosa/BA;
1.2.7)-JOÃO BORGES PARAGUASSU NETO, nasceu em 28/02/1939, em Amargosa/BA;
1.2.8)-MARIA MADALENA PARAGUASSÚ BORGES, nasceu no dia 23/06/1942, em Amargosa/BA (Nascimento Nº 3.655, Livro A-36, Fls. 96, Vº);
ORÊNCIO TEVE, AINDA, OUTRO FILHO com HONORINA MASCARENHAS DE SOUZA DA SILVA (filha de TRAJANO DE LIMA MASCARENHAS – este foi testemunha na Escritura Lavrada no dia 18/10/1894, Livro de Notas nº 11, Fls. 05, Amargosa/BA, referente a um imóvel adquirido por JOSÉ ESTEVES DA SILVA do CAPITÃO ANTONIO JOSÉ DE MIRANDA e DONA BALBINA DE MIRANDA, que foram representados pelo seu filho JOAQUIM JOSÉ REBOUÇAS - e de ANTONIA MARIA DE JESUS):
1.2.9)-RAYMUNDO BORGES DA SILVA, nasceu em 02/08/1922 (Cartório de Amargosa, Nascimento nº 18, fls. 8Vº, livro 04), em Amargosa/BA. Casou-se com  IRACY DE ALMEIDA BORGES (filha de ANTONIO DE ALMEIDA PASSOS e de ISABELA TEIXEIRA DE ALMEIDA PASSOS). Tiveram (Raymundo e Iracy), os filhos:
1.2.9.1)-NOÉLIA BORGES DA SILVA (após o casamento, NOÉLIA BORGES DE ARAÚJO), nascida em Amargosa, no dia 23/12/1946, às 11:30 horas (Nascimento nº 6.101, fls. 24Vº e 25, livro A-45), foi casada com MANOEL FÉLIX MENDONÇA DE ARAÚJO. Com geração.

1.2.9.2)-NEUSA MARIA BORGES DA SILVA FERRARI, nascida em Amargosa/BA, no dia  30/05/1950, foi casada com  ANTONIO ALBERTO MAIMONE FERRARI, nascido no dia 14/06/1949, na cidade de Salvador/BA. Com geração.


1.2.9.3)-JOSÉ RAIMUNDO BORGES DA SILVA, nascido em Amargosa/BA, no dia  16/09/1951, casou-se com MARIA ISABEL FERRARI BORGES DA SILVA, nascida no dia 21/11/1951, na cidade de Salvador/BA. Com geração.

1.3)-MARIA RAIMUNDA BORGES DA SILVA (após o casamento, passou a chamar-se MARIA RAIMUNDA DA ROCHA), nasceu na Fazenda Barriguda, município de Santa Inês/Bahia. Foi casada com ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA, que nasceu no ano de 1853, no município de Santo Antonio do Arguim (??), Estado da Bahia e faleceu no Estado da Bahia.
Esse ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA era filho de  JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA e de CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA (ambos nascidos na cidade de Diamantina, Minas Gerais). Foi encontrado outro filho do casal (JOAQUIM e CONSTÂNCIA):  JOSÉ JOAQUIM DA ROCHA, que se casou quando tinha 45 anos, no dia 16/06/1896, em Amargosa/BA (Registro 143, Fls. 37Vº). Logo, nasceu em 1851 (1896 – 45), com CONRADA DO AMOR DIVINO, que tinha 25 anos. Nasceu em 1871 (1896 – 25 = 1871).
JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA e CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, foram padrinhos de batismo de JOAQUIM APRÍGIO DOS SANTOS (nasceu em 03/01/1845 e faleceu em 11/07/1917, em Diamantina/MG, era filho de BENTO LUIZ DOS SANTOS, que faleceu em 04/06/1866, em Diamantina/MG e de DONA MARIA CAROLINA DA ROCHA, falecida em 29/03/1903 – existe árvore genealógica dessa família, disponível na internet – www.nggenealogia.com.br), ocorrido em Diamantina/MG, no dia 24/06/1845, cuja certidão foi emitida pela igreja do local (CAIXA 298, BATISMO DE 1829 A 1845, DIAMANTINA/MG). Foram necessários dezenas de documentos, que estão em nosso poder e ainda estamos pesquisando. Aqui merece um maior detalhamento, notadamente com os subsídios dos ilustres Professores DOUTORES RICARDO COSTA DE OLIVEIRA (da Universidade Federal do Paraná/PR) e VIRGÍLIO PEREIRA DE ALMEIDA (da Universidade Católica de Brasília/DF).  Vejamos:
No dia 18/06/1738, casaram-se ANTONIO JOSÉ PEREIRA (natural cidade de Lagos, Bispado do Reino do Algarve, filho de MANOEL PEREIRA e de sua mulher FRANCISCA RODRIGUES) e JOANA JOSEFA DE JESUS (natural da freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sabará, filha legítima de JOSÉ RODRIGUES FERREIRA e de IGNACIA DAS NEVES DE FARIA, ambos moradores na freguesia da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, conforme Livro de Casamentos de 1727/1782, Fls. 40). Tiveram as filhas: ANTONIA MARIA, nascida no dia 06/07/1746, no distrito de Vila Rica (Batismos 1740/1773, FLS. 83) e MARIA JACINTA PERPÉTUA DE JESUS, nascida no dia 25/01/1748 (mesmo livro, FLS. 104 E VERSO).
Em 13/06/1762, casaram-se FRANCISCO JOSEPH DA ROCHA (nasceu no dia 16/3/1743 e era natural da Freguesia de São Pedro, da cidade de Coimbra, filho do DOUTOR JOSÉ JORGE DA ROCHA e de DONA ANTONIA MARIA PEREIRA) e DONA MARIA JACINTA PERPÉTUA DE JESUS (nascida no dia 25/01/1748, filha de ANTONIO JOSEPH PEREIRA e de DONA JOANA JOSEFA DE JESUS - Dados da CAIXA 335; PÁGINA 87, VERSO; CASAMENTOS DE 1746 A 1810, DIAMANTINA/MG).
No dia 31/07/1832, FRANCISCO JOSEPH DA ROCHA já havia falecido e DONA MARIA JACINTA PERPÉTUA DE JESUS, que nasceu em 25/01/1748 e já contava com 84 anos de idade, resolveu ceder parte dos bens para seus filhos, reservando para si apenas um terço dos mesmos. No dia 15/04/1833, faleceu a DONA MARIA JACINTA, constando no ARROLAMENTO (CARTÓRIO DO 2º OFÍCIO, MAÇO 94, DATA DE 1832), os seguintes filhos:
I)-MARIA JACINTA DA ROCHA;
II)-FRANCISCA MARIA JORGINA DA ROCHA;
III)-VALERIANA MARIA DA ROCHA: faleceu no dia 23/09/1844, deixando os filhos (1º OFÍCIO, MAÇO 69, 1844):
III.1)-ERMILINDA AMÉLIA DA ROCHA, casada com BERNARDO JOSÉ DE CASTRO MENDANHA;

III.2)-MARIA CAROLINA DA ROCHA (faleceu em 29/04/1903) casada com BENTO LUIS DOS SANTOS;
III.3)-HEDIVIRGENS PERPETUA DA ROCHA, casada com AUGUSTO CESAR PEREIRA DA SILVA;
III.4)-MARCELINA EMILIA DA ROCHA; e,
III.5)-SEBASTIÃO CAMILLO DA ROCHA, com 13 anos
IV)-JOANNA MARIA DA ROCHA;
V)-CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA (abaixo);
VI)-LUIZA DALMÁCIA AVELINA DA ROCHA: casou com JOÃO NEPOMUCENO FREIRE, natural do Tijuco, nascido no dia 05/05/1774, que era filho de AGOSTINHO DOS SANTOS FREIRE, natural de Lisboa, Freguesia de São Nicolau, nascido em 11/10/1726 (filho de JOSÉ DOS SANTOS FREIRE, natural de Lisboa, Portugal e de CLARA MARIA DE SÃO JOSÉ, natural do Arraial de Tijuco/MG) e de DONA JOAQUINA ROSA DE VITERBO, natural do Arraial de Tejuco, Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Villa do Príncipe, que se casaram em 09/04/1765, em Santo Antonio do Tijuco/MG (Dona Joaquina era filha de DOMINGOS DOS SANTOS DE BARROS e de ANNA MARIA DE BARCELOS).
Encontramos dois outros filhos do casal AGOSTINHO e DONA JOAQUINA: FRANCISCO, nascido em junho de 1772 (CAIXA 297, BLOCO A, DATA 1806/1812, PÁGINA 33, VERSO) e MARIA CÂNDIDA FREIRE, que em 14/02/1798, casou-se com JOSÉ VIEIRA DE MATOS.
Tiveram (LUIZA DALMÁCIA AVELINA DA ROCHA e JOÃO NEPOMUCENO FREIRE), os seguintes filhos:
VI.1)-CAPITÃO CARLOS AUGUSTO DA ROCHA FREIRE, nasceu no dia 01/08/1809, faleceu em 1864, casou com sua sobrinha LUIZA LENNOX DA ROCHA FREIRE (nascida no dia 16/04/1833, filha de ANTONIO FRANCISCO DA ROCHA FREIRE E DE GUILHERMINA CLARA LENNOX, neta por parte materna de GUILHERME LENNOX, natural de Londres/Inglaterra e de DONA CLARA PERPÉTUA DO NASCIMENTO PAIVA, natural de Lisboa/Portugal), no dia 10/07/1848 (CAIXA 297, BLOCO A, 1806/1812, PÁG. 47, Vº);

VI.2)-ANNA NEPOMUCENO DA ROCHA FREIRE, nascida no dia 19/07/1812 (BLOCO B, 1812/1836, PÁG. 4, Vº), se casou com GREGÓRIO VILLALVA ALVIM (uruguaio);
VI.3)-ANTONIO FRANCISCO DA ROCHA FREIRE, nasceu em 15/12/1815, faleceu em 1868, no Rio de Janeiro, foi casado com GUILHERMINA CLARA LENNOX (BLOCO B, 1812/1836, PÁG. 67, Vº),
VI.4)-BENTO LUIZ DOS SANTOS, nasceu em 27/11/1823 e faleceu em 04/06/1866. Foi casado com MARIA CAROLINA DA ROCHA SANTOS (item III.2, acima – dados da CAIXA 298, LIVRO 01, BLOCO A, 1823/1829). Tiveram os filhos:
VI.4.1)-JOAQUIM APRÍGIO DOS SANTOS: nascido no dia 03/01/1845 (CAIXA 298, FLS. 81). Faleceu no dia 11/07/1917, em Diamantina/MG;
VI.4.2)-ANNA: nascida no dia 14/05/1847 (LIVRO 04, BLOCO D, CAIXA 298, PÁGINA 45, VERSO);

VI.4.3)-ANTONIO: nascido no dia 03/07/1849 (LIVRO 04, BLOCO D, CAIXA 298, PÁGINA 78, VERSO; DATA 1846/1856);
VI.4.4)-MARIA: nascida no dia 12/12/1851 (LIVRO 04, BLOCO D, CAIXA 298, PÁGINA 121, VERSO, DATA 1846/1856);
VII)-MANOEL JORGE DA ROCHA: faleceu no dia 10/03/1871. Era viúvo de THEREZA CONSTANÇA DA ROCHA. O inventário foi feito em  29/08/1871 e os bens divididos entre seus filhos:
VII.1)-JOAQUIM MANOEL DA ROCHA,
VII.2)-FRANCISCO ROGÉRIO DA ROCHA,
VII.3)-JOÃO JORGE DA ROCHA,
VII.4)-ANTONIO AUGUSTO DA ROCHA,
VII.5)-JOSÉ JOAQUIM DA ROCHA,
VII.6)-DONA MARIA JESUINA DA ROCHA,
VII.7)-DONA FRANCISCA CAROLINA DA ROCHA,
VII.8)-DONA HENRIQUETA DA ROCHA,
VII.9)-DONA ANNA HENRIQUETA DA ROCHA,
VII.10)-DONA EMÍLIA ALEXANDRINA DA ROCHA;
VII.11)-JOÃO JOSÉ DA ROCHA, era casado com DONA THEREZA CONSTANÇA DA ROCHA.  Eram falecidos e os bens foram para os seus filhos:
VII.11.1)-JOAQUIM FLORENCIO DA ROCHA;
VII.11.2)-DONA MARIA AMÉLIA DA ROCHA, com 18 anos;
VII.11.3)-DONA THEREZA PHILOMENA DA ROCHA, com 17 anos;
VII.11.4)-JOÃO ROBERTO DA ROCHA, com 16 anos; e
VII.11.5)-DONA RITA JOSEFINA DA ROCHA, com 14 anos),
VII.11.6)-DONA BEATRIS HERMELINDA DA ROCHA (foi casada com o finado JOÃO JOSÉ BATISTA PIRES, sendo representada pelos seus filhos:

VII.11.6.1)-JOÃO PIRES DA ROCHA;
VII.11.6.2)-DONA GABRIELLA, casada com ANTONIO LUIS DA SILVA;
VII.11.6.3)-FELICTO ROBERTO PIRES, com 18 anos;
VII.11.6.4)-GALDINO LUDGERO PIRES, com 16 anos;
VII.11.6.5)-MANOEL PIRES FIGUEIREDO, com 14 anos; e,
VII.11.6.6)-DONA BEATRIS HERMELINDA DA ROCHA, com 12 anos).

VIII)-TENENTE JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA: casou no dia 22/04/1814, COM DONA FELICIDADE PERPETUA DA ROCHA E SILVA  (CASAMENTOS 1808/1821, CAIXA 336, PÁGINA 12, FRENTE). Tiveram os filhos:
VIII.1)-MARIA AUGUSTA DA ROCHA: nasceu no dia 10/09/1815 (BLOCO B, DATA 1812/1836; PÁGINA 65). Casou-se com JOÃO BATISTA NERY;
VIII.2)-JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA: nascido no dia 06/06/1818 (BLOCO B, DATA 1812/1836; PÁGINA 104, FRENTE);
VIII.3)-FRANCISCO JOSÉ JORGE DA ROCHA: nasceu no dia 05/05/1819 (BLOCO B, DATA 1812/1836; PÁGINA 119, FRENTE). Faleceu no dia 14/12/1861 (1º OFÍCIO, MAÇO 22, DATA 1862 – DIAMANTINA/MG). Foi casado com sua prima DONA CARLOTA JORGINA DA ROCHA;
VIII.4)-FELICIDADE JOZEFINA DA ROCHA: nasceu no dia 01/02/1820 (LIVRO 01, DATA 1823/1829; PÁGINA 165, VERSO). Casou-se com LUIZ JOSÉ DE MEIRA PEIXOTO  e não tiveram filhos. No dia 11/07/1857, faleceu Felicidade Jozefina da Rocha (1º Ofício, Maço 23, data 1862).
Em 07/01/1862, foi feito o inventário dos bens da FELICIDADE (1º Ofício, Maço 23, data 1862, Diamantina/MG) e transferido para os seus pais (TENENTE JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA e D. FELICIDADE PERPÉTUA DA ROCHA E SILVA). Estes, por sua vez, transferiram para seus filhos (irmãos da Felicidade Jozefina), que são os acima (itens VIII.1 até VIII.3 e VIII.5 até VIII.7);

VIII.5)-THEREZA PERPÉTUA DA ROCHA: nasceu no dia 28/03/1821. Casou com o seu cunhado, viúvo da sua irmã FELICIDADE, LUIZ JOSÉ DE MEIRA PEIXOTO;

VIII.6)-JOÃO JOSÉ DA ROCHA: nascido no dia 23/10/1825 (BLOCO A, DATA 1823/1829, CAIXA 298, PÁGINA 87, VERSO);  
VIII.7)-ANNA JOAQUINA DA ROCHA: nasceu no dia 17/04/1827 (BLOCO A, DATA 1823/1829; CAIXA 298, PÁGINA 123, VERSO).  Casou-se com  MARIANO FERREIRA DE OLIVEIRA;
VIII.8)-JOSÉ JOAQUIM DA ROCHA.
IX)-FRANCISCO JOSÉ JORGE DA ROCHA, faleceu em 14/12/1861. O inventário foi feito em 10/06/1862, foi casado com DONA CARLOTA CAROLINA JORGINA DA ROCHA e não tiveram filhos (1º OFÍCIO, MAÇO 22, 1862). Do seu segundo casamento, com MARIA NAZARETH DE JESUS, tiveram os filhos:
IX.1)-MARIA, nascida no dia 06/08/1851 (CAIXA: 297, DATA 1848/1856, PÁGINA: ILEGÍVEL);
IX.2)-ANNA, com 26 anos e nascida no dia 15/04/1855 (CAIXA: 297, DATA 1848/1856, PÁGINA 61);
IX.3)-FIRMINO, com 25 anos, nascido em 1856;
IX.4)-DONA EUFROSINA JORGINA DA ROCHA, foi casada com ANTONIO HONÓRIO PERPETUO e tiveram o filho: JOSÉ, nascido no dia 07/05/1831 (BLOCO B, CAIXA 298, LIVRO 02, DATA 1829/1845, PÁG. 54, VERSO);
IX.5)-FRANCISCO, com 19 anos; e,

IX.6)-JOÃO, com 16 anos.
X)-CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, natural de Santo Antonio do Tijuco, filial da Vila Príncipe, em 19/07/1790 (CAIXA 335, CASAMENTOS 1746/1810, FLS. 87, Vº), casou-se com o SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA, natural de Nossa Senhora da Assunção, da Vila do Furrão, Bispado de Beja, Portugal (filho de BERNARDO JOSÉ CARNEIRO e de ANNA MARIA DE CARVALHO)
No dia 16/10/1833, faleceu o SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA, deixando como viúva a CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA. No inventário, feito em 1834, perante o 1º Ofício, Maço 59, data 1834, Diamantina/MG, os filhos do casal eram (declarados pela Constância):
X.1)-THEODORA CONSTÂNCIA DA ROCHA E SILVA (com 38 anos). Casou-se com CARLOS CUNHA SANGUINETE;
X.2)-JOÃO CARNEIRO DA ROCHA E SILVA (com 36 anos);
X.3)-CAPITÃO MANOEL CARNEIRO DA ROCHA E SILVA (com 35 anos);
X.4)-MARIA JESUINA DA ROCHA (com 34 anos, era casada com Salvador);
X.5)-DONA ANNA QUEROBINA DA ROCHA (com 32 anos);
X.6)-DONA VENÂNCIA MARIA DA ROCHA (com 30 anos); 
X.7)-JOAQUIM CARNEIRO ROCHA E SILVA (com 16 anos); e,
X.8)-FRANCISCA MARIA CARNEIRA (com 40 anos), que era filha exclusiva do falecido.
No dia 17/04/1854, a CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA fez o seu testamento perante o Cartório do 1º Ofício, Maço 93, data 1854. Nele, além dos herdeiros relacionados quando do falecimento do SARGENTO MOR MANOEL (acima), foram  acrescentados outros  filhos:
X.9)-FRANCISCO,
X.10)-FIRMINO,
X.11)-JOSÉ,

X.12)-CÂNDIDA,
X.13)-JOAQUINA,
X.14)-CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA (mesmo nome da mãe), e
X.15)-JOANA.
O filho mais novo quando do inventário, era o Joaquim Carneiro (com 16 anos, em 1834). Já quando do testamento, o mesmo tinha 36 anos (16 + 20: 1854 – 1834). Após o inventário de 1834, no dia 27/06/1835, compareceu nos referidos autos (CARTÓRIO DO 1º OFÍCIO, MAÇO 59, DE 1834), o Sr. CARLOS CUNHA SANGUINETE, alegando ser marido da THEODORA e que “...não foi regularmente intimado do inventário, POR DESLEIXO DA SUA SOGRA, D. CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA...”
A razão estava com o Sr. CARLOS CUNHA SANGUINETE, uma vez que a CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA não só esqueceu de intimá-lo do inventário, COMO NÃO MENCIONOU O NOME DOS DEMAIS FILHOS QUE TIVERA COM O SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA.
Com efeito, tendo a CONSTÂNCIA se casado em 19/07/1790, com o SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA, deveria ter, no mínimo, 13 anos.
O seu esposo (SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA) faleceu no dia 16/10/1833. Portanto, tinha a CONSTÂNCIA, no mínimo 56 anos (tinha 13 anos quando se casou em 1790. Até a data do óbito passaram-se 43 anos. Somados, tinha, no mínimo, 56 anos) quando ficou viúva. Logo, não poderia mais gerar filhos.
Como visto acima, quando do falecimento do SARGENTO, em 16/10/1833, declarou DONA CONSTÂNCIA no inventário (1º Ofício, Maço 59, data 1834, Diamantina/MG), apenas os filhos  THEODORA (com 38 anos); JOÃO CARNEIRO (com 36 anos); CAPITÃO MANOEL CARNEIRO (com 35 anos); MARIA JESUINA (com 34 anos); DONA ANNA QUEROBINA (com 32 anos); DONA VENÂNCIA (com 30 anos) e JOAQUIM CARNEIRO (com 16 anos). Existia, ainda, FRANCISCA MARIA CARNEIRO (com 40 anos), que era filha exclusiva do falecido. Tinha (DONA CONSTÂNCIA), no mínimo 56 anos.
Quando fez o seu testamento, em 17/04/1854, a DONA CONSTÂNCIA tinha, no mínimo, 77 anos (56 anos quando do falecimento do marido em 1833, mais 21 anos do falecimento até a data do inventário).

No dia 17/04/1854, a CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, no referido testamento (Cartório do 1º Ofício, Maço 93, data 1854), além dos herdeiros acima, foram acrescentados mais os filhos FRANCISCO, FIRMINO DE ASSIS ROCHA (casado com D. MARIA MAGDALENA PIRES CAMARGO, em 15/06/1859), JOSÉ, CÂNDIDA, JOAQUINA, CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA (mesmo nome da mãe) e JOANA.
JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA, item VIII.2, acima (filho do TENENTE JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA e D. FELICIDADE PERPÉTUA DA ROCHA E SILVA), que nasceu no dia 06/06/1918,  casou-se com CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, nascida em 1823 (filha do SARGENTO MOR MANOEL CARNEIRO DA SILVA e de DONA CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, portanto, eram primos), em 1839, em Diamantina/MG (Livro B, Data 1812/1836, página 104, frente). Encontramos dois filhos do casal:
JOSÉ JOAQUIM DA ROCHA, nascido em 1851, em Santo Antonio do Arguim (ou de Asquino?), Estado da Bahia, já era viúvo quando casou-se  em segundas núpcias e tinha 45 anos de idade, no dia 12/06/1896, na Comarca de Amargosa/BA, com MARIA CONRADA DO AMOR DIVINO, com 25 anos de idade, filha de MANOELLA MARTINHA DO AMOR DIVINO, não constando o nome do pai), conforme CASAMENTO 143, LIVRO B-01, FLS. 36 Vº E 37; e,
ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA, nascido em 1853, em Santo Antonio do Arguim (ou Asquino? – não localizamos esse lugar), Bahia (encontrado em livros da Igreja de Amargosa, muito deteriorados).


Ocorre que o Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais da Comarca de Santa Inês/BA, encontrou várias certidões de nascimentos acusando como pais ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA e como mãe MARIA RAYMUNDA DA ROCHA. Mais! Constam nas certidões: “São avós paternos: JOAQUIM JOSÉ DA ROCHA e CONSTÂNCIA MARIA DA ROCHA, ´falecidos`”. Continua: “e maternos: JOÃO BORGES DA SILVA e dona MARIA MAGDALENA DA SILVA, ´falecidos`. Foi declarante ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA e serviram de testemunhas: RAUL GALVÃO e CÂNDIDO FERREIRA PALMA.” (Dados constantes na Certidão de Nascimento de ONÉSIMO DA SILVA ROCHA, NASCIMENTO Nº 02-A, FLS. 71 E VERSO, TERMO Nº 472. No mesmo sentido, as certidões de nascimento dos irmãos do ONÉSIMO, a saber: BENEDICTO, GERMÍNIA, GETÚLIO, GLICÉRIO, E POSSIDÔNIO. Igualmente, o constante nas certidões de casamentos de ONÉSIMO (Cartório de Iaçu/BA, sob o nº 02, fls. 03, termo 05, realizado em março/1929) e do seu irmão POSSIDÔNIO (Comarca de Brejões/BA, Distrito de Nova Itarana, sob o nº 225, fls. 11/13, livro 06-B).
Continuaremos buscando novos documentos. Entretanto, diante de tantas evidências não temos dúvidas do quanto foi relatado e comprovado acima. Continuação quanto aos filhos de JOÃO BORGES DA SILVA e MARIA MAGDALENA DA SILVA:

1.3)-MARIA RAIMUNDA DA ROCHA e ANTONIO JOAQUIM DA ROCHA, tiveram os seguintes filhos:
1.3.1)-PEDRO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia  22/02/1886, no Arroz, município de Santa Inês/BA. Casou no dia 05/08/1913, em Nova Itarana/BA, Comarca de Brejões, com JOANA MOREIRA ROCHA (nasceu no dia 21/08/1891, em Santa Inês/BA e faleceu em 23/03/1985, no município de Nova Canaã/BA, onde foi sepultada). Faleceu no dia 15/08/1963, no município de Montanha/ES e sepultado no cemitério de Montanha/ES. Tiveram os seguintes filhos:
1.3.1.1)-LUZIA MOREIRA ROCHA, nascida no dia 15/03/1915, Casou com JOÃO CÂNDIDO, com geração.
1.3.1.2)-ORÊNCIO MOREIRA ROCHA, nascido no dia 08/01/1917.
1.3.1.3)-EMÍDIA MOREIRA ROCHA, nascida em 1919, casou com JUVENAL MOREIRA, com geração.
1.3.1.4)-PAULO MOREIRA ROCHA, nascido no dia 25/01/1921, casou com MARIA MEIRA, Com geração.
1.3.1.5)-MARIA DE LOURDES ROCHA MACEDO, nascida no dia 12/02/1923, casou com JOSÉ CUNHA MACEDO, com geração.
1.3.1.6)-ALEXANDRINA ROCHA BRANDÃO, nascida no dia 10/03/1925, casou com ROSALVO BRANDÃO, com geração.
1.3.1.7)-ONÉSIO DA SILVA ROCHA, nascido no dia 15/02/1927, casou com NOEME MOREIRA Com geração.
1.3.1.8)-ANTÔNIO MOREIRA ROCHA, nascido no dia 07/03/1929, na cidade de Salvador/BA. Casou no dia 06/12/1960, na Igreja de Embaré, Santos/SP e no dia 27/10/1979, no Cartório de São Vicente/SP, com MARISA QUEIROZ BARBOSA ROCHA, nascida no dia 11/10/1937, na cidade de Belo Horizonte/MG. Com geração.
1.3.1.9)-ADELAIDE MOREIRA ROCHA, nascida no dia 16/12/1931, casou com JOEL ALVES. Com geração.
1.3.1.10)-ANA ROSA DA ROCHA COSTA, nascida no dia 30/08/1933, casou com DAVID COSTA, com geração.
1.3.2)-NASCIMENTO DA SILVA ROCHA: nasceu no Arroz, município de Santa Inês/BA. (era o padrinho de EDMUNDO BORGES DA SILVA). TEM UM FILHO EM SÃO PAULO POR NOME DE MIGUEL;
1.3.3)-FLORA DA SILVA ROCHA: nasceu no Arroz, município de Santa Inês/BA. casou com GUILHERMINO SAMPAIO?)
 1.3.4)-MARCELINA DA SILVA ROCHA (após o casamento:  MARCELINA ROCHA GALVÃO). Nasceu no Arroz, município de Santa Inês/BA. Casou no Estado da Bahia, com ANTONIO DA COSTA GALVÃO, que nasceu no dia 10/04/1886 e faleceu no dia 05/05/1959 (era filho de JESUÍNO COSTA GALVÃO). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS: 
1.3.4.1)-FRANCISCO ROCHA GALVÃO, nasceu no dia 12/01/1921, na Bahia e faleceu no dia 01/05/2004, foi sepultado na Serra do Vitorino, município de Planaltino/BA. Casou com LÍDIA MENEZES GALVÃO (filha de GREGÓRIA BARBOSA DE MENEZES) que nasceu no dia 20/01/1928. Com geração.
1.3.4.2)-JOSÉ ROCHA GALVÃO, nasceu no dia 10/06/1922, na Bahia, onde foi sepultado. Casou com CARMITA TEIXEIRA GALVÃO (que era filha de FAUSTINO TEIXEIRA DE ALMEIDA e de JOSEFINA TEIXEIRA DE ALMEIDA), e tiveram o seguinte filho: 1.3.4.2.1)-RAIMUNDO TEIXEIRA GALVÃO, nascido no dia 16/04/1956
1.3.5)-POSSIDÔNIO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 12/05/1893 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos), no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu no Faustino, Distrito de Iaçu/BA, no dia 12/01/1973. Sepultado no Faustino, Distrito de Iaçu/BA, no dia 12/01/1973 (óbito 1367, LIVRO C-10, FLS. 64, lavrado em 22/01/1973). Casou em Nova Itarana, Comarca de Brejões/BA, no dia 30/06/1956 (casamento nº 225, FLS. 11/13,  LIVRO 06-B, Cartório de Nova Itarana, Comarca de Brejões/BA), com CARMELITA DIAS DA ROCHA (nome de solteira era  CARMELITA DIAS DOS SANTOSque nasceu no dia 09/11/1925, no município de Nova Itarana/BA, filha de MANOEL DIAS DOS SANTOS e de MARIA DIAS DA ROCHA), TIVERAM A SEGUINTE FILHA:
1.3.5.1)-DULCINETE DIAS DA ROCHA (após o casamento DULCINETE DA ROCHA PASSOS) nascida no dia 13/10/1958, em Nova Itarana/BA. Casou no dia 10/12/1979, no Faustino (Iaçu/BA), com NELSON ROCHA PASSOS, nascido no dia 02/12/1954, no Faustino, Iaçu/BA. Com geração.
1.3.6)-JOÃO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 03/10/1895.
1.3.7)-GERMINIA DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 13/07/1897 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos), no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu em 1987/1990, na fazenda Barriguda, município de Santa Inês/BA. Foi sepultada na cidade de Santa Inês, Estado da Bahia (Não casou. Não teve filhos);
1.3.8)-GETÚLIO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 15/11/1898 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos), no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu no dia 18/05/1985, no município de Jaguaquara/BA. Foi sepultado na cidade de Planaltino, distrito de Serra do Vitorino, Estado da Bahia (era casado com GUILHERMINA DE MOURA ROCHA, que faleceu em 24/03/2004;
1.3.9)-LEÔNCIO DA SILVA ROCHA: nasceu no Arroz, município de Santa Inês/BA.
1.3.10)-ONÉSIMO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 02/03/1901 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71 e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos),  no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu no Faustino, município de Iaçu/BA, no dia 01/10/1973 (Óbito nº 1.459, Fls. 87, Livro 10, Cartório de Iaçu/BA). Sepultado no Faustino, Iaçu/BA. Casou no dia 02/03/1929, em Iaçu/BA (Certidão de casamento emitida pelo Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, CASAMENTO Nº 02, LIVRO 05,  FLS. 03), com FAUSTINA MARIA DE JESUS, que nasceu no dia 06/12/1907 (Cartório de Iaçu/BA, Livro A-01, FLS. 02), no município de Iaçu/BA. Faleceu no dia 30/07/1985, em Iaçu/BA (Óbito nº 1.448, Livro 12, FLS. 168). Sepultada no cemitério do Faustino, município de Iaçu/BA. Era filha de JOÃO PEREIRA DE MOURA e JOANA PEREIRA DE MOURA (que além da FAUSTINA, tiveram os seguintes filhos: LEOCARDIO PEREIRA DE MOURA; RITA PEREIRA DE MOURA - MÃE DO JOÃO BENEDITO -; EULINA PEREIRA DE MOURA; MARCOLINA PEREIRA DE MOURA e JOSÉ PEREIRA DE MOURA - nasceu em 15/10/1905 – Avós por parte de pai da FAUSTINA: VICTURIANO PEREIRA DE MOURA e LINA ROSA DE JESUS. Avós por parte de mãe: FRANCISCO JOSÉ PINTO e TIBURCINA MARIA DE JESUS. TIVERAM ONÉSIMO E FAUSTINA, OS SEGUINTES FILHOS:
1.3.10.1)-PAULO ROCHA DA SILVA, nascido no dia 27/05/1925, no município de Iaçu/BA. Faleceu no Faustino, município de Iaçu/BA, no dia 28/12/1947, às 24:00 horas (Certidão de Óbito do Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, ÓBITO Nº 80, Vº, LIVRO 05,  FLS. 84, Vº). Foi sepultado no cemitério do Faustino;
1.3.10.2.)-LAURIANO ROCHA DA SILVA, nascido no dia 05/05/1927, no município de Iaçu/BA (vide capítulo 1.1.3.3, na página 13);
1.3.10.3)-ANNATÁLIA ROCHA DA SILVA, nascida no dia 25/08/1929, no município de Iaçu, Bahia (Todavia, a certidão do Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 13, Vº, LIVRO A-01,  FLS. 13, aponta para a data de 12/08/1944, às 07:00 horas. Certamente, houve equívoco do cartório). Casou em Iaçu/BA, no dia 19/01/1952, com SALVADOR ANDRADE DA SILVEIRA (nascido na cidade de Iaçu/BA, no dia 09/06/1923). Após o casamento, passou a chamar-se ANNATÁLIA ROCHA DA SILVEIRA. Com geração.
1.3.10.4)-EDMUNDO ROCHA DA SILVA, nascido no dia 16/11/1930, no município de Iaçu, Bahia.  Tem duas certidões de nascimento. A primeira tem como declarante ONÉSIMO (o pai), acusando o nascimento em 12/08/1944 (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 24, LIVRO A-01, FLS. 12, Vº, não podendo ser correta, uma vez que é mais velho que seus irmãos Roque, Joaquim, Antonia, Rita. Note que a data foi a mesma informada por ONÉSIMO, para a sua filha ANNATÁLIA). A segunda tem como declarante o próprio registrando, que informou ter nascido no dia 16/11/1930 (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 18, LIVRO A-07, FLS. 16, Vº). Aqui, entra em conflito com o nascimento do irmão Dionísio, nascido em 26/12/1930. Entretanto, na região era normal tal acontecimento (aumento de idade), com a finalidade de se tornar um eleitor.  Casou no dia 04/11/1961, com MARIA SANTOS DA SILVA (nascida em 03/11/1943, no estado de Santa Catarina).  Com geração.
1.3.10.5)-DIONÍSIO ROCHA DA SILVA, nascido no dia  26/12/1930,  no município de Iaçu, Bahia (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 52, LIVRO A-07,  FLS. 33, Vº). Faleceu no dia 10/04/2003, em João Mangabeira/Bahia. Casou em Paranaguá/PR, no dia 23/05/1.959 (Certidão de Casamento emitida pelo Cartório de Registro Civil de Paranaguá/PR: CASAMENTO Nº 2.279, LIVRO B-22, FLS. 253), com DIRCÉA SANTOS DA SILVA (nome de solteira era DISCÉA ALVES DOS SANTOS), nascida na cidade de Paranaguá/PR, no dia 28/09/1.942. Com geração.
1.3.10.6)-RAIMUNDO ROCHA DA SILVA, nascido no dia 26/12/1932, no município de Iaçu/BA. Casou com MARIA DE LOURDES SANTANA DA SILVA (nascida em 20/04/1936). Com grande geração.
1.3.10.7)-THEREZINHA ROCHA DA SILVA, nascida no dia 16/06/1934, no município de Iaçu/BA. Casou  em SÃO PAULO, no dia 03/07/1971, com SYLLAS DE MORAES (nascido no dia 03/08/1932, na cidade de JAÚ/SP). Com geração.
1.3.10.8)-JOAQUIM ROCHA DA SILVA, nascido no dia 16/06/1936, no município de Iaçu, Bahia (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 118/58, LIVRO A-10,  FLS. 38). Faleceu no dia 12/08/2002, em Curitiba/PR. Casou em Paranaguá/PR, no dia 10/06/1967, com IEDA ALBINI DA SILVA (nascida em 28/03/1945, filha de BENTA ALBINI). Com geração.
1.3.10.9)-ROQUE ROCHA DA SILVA, nascido no dia 05/08/1937, no município de Iaçu/BA. Faleceu no dia 01/03/2006, em Paranaguá/PR. Era casado com JANDIRA GONZAGA DA SILVA (nascida em 20/06/1948 – filha de AURORA XAVIER GONZAGA). Com geração.
1.3.10.10)-RITA DA SILVA ROCHA, nascida no dia 21/06/1939, no município de Iaçu, Bahia (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 113, LIVRO A-05,  FLS. 728). Com geração.
1.3.10.11)-BENEDITA ROCHA DA SILVA, nascida no dia 30/09/1940, às 07:00 horas, no município de Iaçu, Bahia (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 113, Vº, LIVRO A-05,  FLS. 728). Casou em Itaberaba/BA, no dia 21/11/1962,  com BERNARDINO FRANCISCO DO AMARAL (nascido em 30/12/1937, em Salinas/MG). Com geração.
1.3.10.12)-ANTONIA DA SILVA ROCHA, nascido na dia 13/08/1941, , no município de Iaçu, Bahia (Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 114, LIVRO A-05,  FLS. 730). Casou em Paranaguá/PR, no dia 07/01/1967, com ADALÍCIO DA SILVA QUEIROZ (nascido em 19/10/1941, em Iaçu/BA). Com geração.
1.3.10.13)-RUBEM ROCHA DA SILVA, nascido no dia 12/08/1944, no município de Iaçu/BA (Certidão do Cartório de Registro Civil de Iaçu/BA, NASCIMENTO Nº 114, Vº, LIVRO A-05,  FLS. 731, aponta para a data de 12/08/1944). Faleceu no dia 23/06/2009, às 23:00 horas, em Salvador/BA e foi sepultado no cemitério do Faustino, distrito de Iaçu/BA. Casou na Bahia, com MARLENE NEVES ROCHA (nascida em 10/02/1954). Com geração.
1.3.11)-BENEDICTO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 18/05/1902 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos),  no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu em São Paulo/SP, no dia 01/10/1987. Sepultado no cemitério Vale da Paz, Diadema/SP (Óbito Nº 16.379, Livro C-28, Fls. 115).  Foi casado com ANÁLIA DOS SANTOS ROCHA, nascida no dia 15/11/1909, em Amargosa/BA, que faleceu em São Paulo/SP, no dia 20/11/1986 e foi sepultada no cemitério Vale da Paz, Diadema/SP. Tiveram os filhos:
1.3.11.1)-ROMEU DOS SANTOS ROCHA, nascido no dia 10/10/1932 na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.11.2)-HILDA DOS SANTOS ROCHA, nascida no dia 21/10/1938, na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.11.3)-MARIA DO CARMO ROCHA DE SOUZA (MOSA), nascida no dia 17/10/1940, na cidade de Santa Inês/BA. Casou com ANTONIO JUSTO. Com geração.
1.3.11.4)-JULIETA DOS SANTOS ROCHA, nascida no dia 25/09/1942, na cidade de Santa Inês/BA
1.3.11.5)-CELUTA DOS SANTOS ROCHA, nascida no dia 24/11/1944 (99001982734),  na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.11.6)-ADALBERTO DOS SANTOS ROCHA, nascido no dia 30/05/1946, na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.11.7)-JOSENÁDIO DOS SANTOS ROCHA, nascido no dia 07/06/1948, na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.11.8)-VALMIRO DOS SANTOS ROCHA, nascido no dia 12/10/1949 (10549746420) na cidade de Santa Inês/BA;
1.3.12)-GUILHERME DA SILVA ROCHA: nasceu no Arroz, município de Santa Inês/BA.
1.3.13)-GLICÉRIO DA SILVA ROCHA: nasceu no dia 21/12/1907 (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº 472, FLS. 71e Vº, do LIVRO 02-A – Registro Geral de vários irmãos), no Arroz, município de Santa Inês/BA. Faleceu no município de Eunápolis/BA. Foi sepultado na cidade de Eunápolis, Estado da Bahia/BA. Era casado com AMÁLIA GONÇALVES ROCHA (nasceu no dia 26/05/1911 e faleceu no dia 31/08/2005). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.3.13.1)-AUGUSTO GONÇALVES DA ROCHA, nasceu no dia 26/05/1934, na cidade de Jequié/BA. Casou com DALMIR SOUZA SILVA ROCHA, nasceu no dia 31/10/1938, na cidade de Ibicuí/BA. Com geração.
1.3.13.2)-MARIA TEREZA ROCHA SANTOS, nasceu no dia 28/05/1931 (GÊMEA), na Bahia, onde casou com CLARINDO FÉLIZ DOS SANTOS, nasceu no dia 15/06/1930, na cidade de ___________/BA. Com geração.
1.3.13.3)-TEREZA MARIA ROCHA RODRIGUES, nasceu no dia 28/05/1931 (GÊMEA), na Bahia, casou com GERVÁSIO RODRIGUES BRITO, nasceu no dia 17/06/1927, na cidade de ___________/BA. Com geração.
1.3.13.4)-ELENITA ROCHA, nascida na Bahia, casou com PLÁCIDO SILVA BARRETO, nasceu no mesmo estado. Com geração.
1.3.13.5)-ROQUE GONÇALVES DA ROCHA, nasceu no dia 16/08/1932, na Bahia, casou com ______, nasceu no mesmo Estado. Com geração.
1.4)-HERMILINA BORGES DA SILVA (após o casamento, HERMILINA BORGES SAMPAIO), casou  com ADELINO COSTA SAMPAIO: Era filho de JOSÉ JOAQUIM DA COSTA e de MARIA CLEMENTINA SAMPAIO). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.4.1)-GUIOMAR BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 01/04/1915, em Irajuba/BA. Casada com JOSÉ MAGALHÃES.
1.4.2)-JUDITE BORGES SAMPAIO (após o casamento, JUDITE BORGES CAFÉ), nasceu no dia 22/09/1916, em Irajuba/BA;
1.4.3)-ANTENOR BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 17/08/1917, em Irajuba/BA;
1.4.4)-CORINA BORGES SAMPAIO (após o casamento: CORINA SAMPAIO CHAVES), nasceu no dia 19/11/1918, em Irajuba/BA (09074481244). Era casada com JOÃO SOUZA CHAVES;
1.4.5)-OTACÍLIA BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 02/02/1920, em Irajuba/BA. Era casada com JURANDIR);
1.4.6)-JOSIAS BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 11/12/1923, em Irajuba/BA;
1.4.7)-VALDELINO BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 19/04/1921, em Irajuba/BA (Certidão de Nascimento, Cartório de Santa Inês/BA: Nascimento Nº. 115, FLS. 29 e Vº, do LIVRO 04).  Faleceu no dia 26/01/2008, em Irajuba/BA.  Foi sepultado no cemitério de Ipauaté, Irajuba/BA. Era casado com OLÍVIA NUNES SAMPAIO, que nasceu no dia 05/05/1921, na cidade de ____________, Estado da Bahia e tiveram os seguintes filhos:
1.4.7.1)-VALDELIVIO NUNES SAMPAIO, nasceu no dia 05/O7/1949, na Bahia, casado e com geração.
1.4.8)-RITA DE CASSIA BORGES SAMPAIO, nasceu em Irajuba/BA. Foi casada com REGINALDO FRANCISCO CARDOSO, que nasceu no dia 28/08/1910, na cidade de Castro Alves, Estado da Bahia e tiveram os seguintes filhos:
1.4.8.1)-RAILDA ALVES CARDOSO, nasceu no dia 11/09/1933, em Irajuba/BA. Casada com FLORISVALDO ALVES CARDOSO, que nasceu no dia 29/12/1928, na cidade de Irajuba/BA. Com geração.
1.4.8.2)-RAUL SAMPAIO CARDOSO, nasceu no dia  26 /05/1932, em Irajuba/BA;
1.4.8.3)-ROMILDA CARDOSO DA SILVA, nasceu no dia 14/12/1935, em Irajuba/BA. Casada com ANANIAS PINHEIRO DA SILVA, que nasceu no dia 12/10/1934, na cidade de Rancho de Palha, Estado da Bahia. Com geração.
1.4.9)-REGINALDO FRANCISCO CARDOSO, casou-se pela segunda vez com IRAILDES ARGOLO DA SILVA, com geração. Com geração.
1.4.10)-RANULPHO CARDOSO SAMPAIO, nasceu no dia 14/02/1931, em Irajuba/BA. Faleceu em 21/09/2002 e foi sepultado em Ipauaté, Irajuba/BA (vide foto no "Cemitério Virtual). Foi casado com ADELINA FONTANA ALMEIDA, que nasceu no dia 06/10/1933, na cidade de Irajuba/BA e tiveram os seguintes filhos:
1.4.10.1)-ADEILTON FONTANA SAMPAIO, que nasceu no dia 11/07/1967, na cidade de Irajuba/BA, casado com HELENITA COSTA SAMPAIO, que nasceu no dia 08/09/1965, na cidade de Irajuba/BA. Com geração.
              1.4.11)-RENILDA BORGES SAMPAIO, nasceu no dia 24/05/1943, em Irajuba/BA. Casada com __________, que nasceu na cidade de Irajuba/BA. Com geração.
             1.4.12)-ROSELHIA SAMPAIO CARDOSO, nasceu no dia 01/10/1945, em Irajuba/BA. Casada com ___________, que nasceu na cidade de Irajuba/BA. Com geração.
             1.4.13)-RANULFO, casado e com geração.
             1.4.14)-ROSALVO, casado e com geração.

             1.4.15)-ROMEU BORGES CARDOSO, nasceu no dia 07/04/1950, casado. Com geração.

             1.4.16)-RUBENS BORGES CARDOSO, nasceu no dia 28/06/1937, casado. Com geração.
             1.4.17)-RENATO BORGES CARDOSO, nasceu no dia 23/10/1938, em Irajuba/BA. Casado com ELVIRA ALVES DE MORAES, que nasceu no dia 05/04/1946, na cidade de Irajuba/BA. Com geração.
1.5)-JACINTA BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em 1965, em Milagres/BA. Foi sepultada no cemitério de Milagres/BA (era casada com JOÃO RODRIGUES DOS SANTOS);
1.6)-FRANCISCO BORGES DA SILVA, nasceu no dia 00/00/1879 (na certidão de casamento, casamento de 1903, fls. 49, reza que contava com 24 anos), na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Milagres/BA.  Foi sepultado no cemitério de Milagres/BA. Casou no dia 26/03/1903, em Tartaruga, município de Amargosa/BA, com IZAURA RIBEIRO DA SILVA (chamava-se IZAURA PRIMO RIBEIRO. Nasceu no dia ___/___/1885, no município de _________, pois casou com 18 anos. Era filha de FELICIANO PRIMO RIBEIRO e de MARCELLINA DE ARAUJO RIBEIRO. TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.6.1)-ALDEMIRA RIBEIRO BORGES DA SILVA, nasceu no dia ___/___/1901 (antes do casamento), no município de Amargosa/BA. Faleceu no dia 31/01/1922, no município de Tartaruga, Amargosa/BA (pesquisa em Osasco/SP. Foi declarante, Orêncio Borges da Silva);
1.6.2)-EUFRASIO BORGES DA SILVA, nasceu no dia 15/12/1910 (Certidão de Nascimento, Cartório de Itachama: Nascimento Nº 131, FLS. 66 e Vº, do LIVRO A-3), no município de Amargosa/BA.
1.6.3)-JOSÉ XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no dia 03/12/1922 (Certidão de Nascimento, Cartório de Itachama: Nascimento Nº 49, FLS. 24 e Vº, do LIVRO A-3), no município de Amargosa/BA. Faleceu no dia 08/09/1997, no município de Itaberaba/BA e foi sepultado em Iaçu/BA. Casou com MARIA FRANCISCA DOS SANTOS, que nasceu no dia 09/01/1925, na cidade de Corrente, Distrito de Amargosa/BA e reside em Iaçu/BA. Com grande geração.
1.6.4)-JOSÉ RIBEIRO DA SILVA, nasceu no dia 07/07/1924, no município de Amargosa/BA.
1.6.5)-VALDOMIRA XAVIER BORGES DA SILVA (VALDOMIRA RIBEIRO DA SILVA), nasceu no dia 02/02/1925, no município de Amargosa/BA. Faleceu no dia 04/05/2006, no município de Sete Lagoas/MG (dados do check-check);
1.6.6)-DALZIRA DA SILVA BASTOS (NOME DE CASADA), nasceu no dia 08/09/1929, no município de Amargosa/BA.
1.6.7)-RAYMUNDA RIBEIRO DA SILVA, nasceu no dia 26/02/1936, no município de Amargosa/BA.
1.6.8)-MARIA RIBEIRO DA SILVA, nasceu no dia 19/12/1945, no município de Amargosa/BA.
1.6.9)-CLAUDIONOR XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.10)-JOÃO XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.11)-CELESTE  XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Jequié/BA.
1.6.12)-MARIA RITA XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.13)-MARCOS RIBEIRO DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.14)-ALCINA RIBEIRO DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.15)-MARIA MERCEDES RIBEIRO DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.16)-MARIA NEIDE RIBEIRO DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.17)-GUIOMAR XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.6.18)-ELIAS XAVIER BORGES DA SILVA, nasceu no município de Amargosa/BA.
1.7)-JOÃO BORGES DA SILVA FILHO,  nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Amargosa/BA. Foi sepultado na Bahia.
1.8)-FELIPE BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Amargosa/BA e sepultado na Bahia. Foi casado com IZABEL MACHADO DA SILVA (filha de GUSTAVO GOMES MACHADO e de LEOPOLDINA DE SOUZA MACHADO). Tiveram os filhos:
1.8.1)-BELARMINO BORGES DA SILVA, nascido no dia 07/01/1908, no distrito do Corrente, em Milagres/BA (Certidão do Cartório de Milagres/BA, Nascimento nº 217, fls. 88, Livro 04); e,
1.8.1)-AGENOR BORGES DA SILVA, nascido no dia 20/03/1911, nascido na Serra da Tartaruga, Milagres/BA (Certidão do Cartório de Milagres/BA, Nascimento nº 218, fls. 88 Vº, Livro 04). Na RF acusa o nascimento em 16/03/1911. Residia na Fazenda Gameleira, Zona Rural, Milagres/BA, CEP 45315-000;
1.9)-SATURNINA BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Amargosa/BA. Foi sepultada na Bahia. Foi casada com GRIGÓRIO JOSÉ DA ROCHA (vide Certidão do Cartório Imobiliário de Amargosa/BA, REGISTRO Nº 841, LIVRO 3-A, FLS. 117, referente a FAZENDA GARIMPO);
1.10)-ANA BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA, município de Amargosa/BA. Faleceu em Ipauaté/BA. Foi sepultada no cemitério de Ipauaté/BA (era casada com MANOEL BOMFIM).
1.11)-JOVINA BORGES DA SILVA, nasceu em 1881 (conforme Certidão de Casamento emitida pelo Cartório de Milagres/BA. CASAMENTO Nº 284, LIVRO B-03, FLS. 43: casou em 17/11/1905, quando tinha 24 anos. 1905 – 24 = 1881),  na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Amargosa. Foi sepultada no cemitério de _______________/BA. Foi casada com MARCIONILLO (OU MACIONÍLIO) GOMES DE CINTRA (filho de EZIDORIO – OU ERMYGARIO - GOMES DE CINTRA e de JULIA MARIA DE CINTRA), conforme Certidão de Casamento emitida pelo Cartório de Registro Civil de Amargosa/BA (livro B-03, fls. 43, termo 284). Tiveram o filho:
1.11.1)-GENÉSIO BORGES DA SILVA, nascido no dia 22/04/1911, em Amargosa/BA (Certidão de Nascimento emitida pelo Cartório de Registro Civil de Milagres/BA - livro 06, fls. 41, termo 128);
1.12)-MARIA FRANCISCA BORGES DA SILVA, nasceu no dia 17/07/1874 (provável), na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu  e foi sepultada na Bahia. Foi casada com MANOEL PEDRO GRADIL, que nasceu em 25/11/1873. Era filho de (F)LORENCIO GRADIL e de MARIA JOSÉ PEIXOTO. AGENOR GRADIL PEIXOTO é irmão de MANOEL PEDRO GRADIL -  temos arquivados os óbitos, Cartório de Iaçu/BA, de ODILON GRADIL PEIXOTO, filho de JOSÉ GRADIL PEIXOTO e ROSALINA GRADIL PEIXOTO; MARIA ROSA DE SOUZA PEIXOTO, casada com ODILON GRADIL PEIXOTO e que era filha de ANTONIO FELIX DE SOUZA ANDRADE e MARIA DA GLÓRIA PEIXOTO. Nos dois óbitos, o declarante foi ANTONIO GRADIL PEIXOTO. Em Iaçu/BA reside AGENOR GRADIL PEIXOTO, nascido em 26/05/1941, que foi prefeito da cidade e o próprio declarante acima, ANTONIO GRADIL PEIXOTO, nascido em 02/12/1933. Ambos são filhos de ODILON GRADIL PEIXOTO E MARIA ROSA DE SOUZA PEIXOTO. DADOS PASSADOS PELA FAMÍLIA GRADIL: JOSÉ GRADIL PEIXOTO, era filho de LIBÉRIO GRADIL PEIXOTO.  Foi enviado outro nome: HILDEBRANDO GRADIL PEIXOTO). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:
1.12.1)-MARIA DOS ANJOS DA SILVA, nasceu no dia 02/10/1896 (Certidão de nascimento nº 180, Livro A-02, Itachamas, Amargosa/BA), no município de Amargosa/BA. Faleceu no dia 06/10/1963, com 68 anos de idade, no município de Irajuba/BA (Certidão de Óbito Nº 529, FLS. 156Vº, LIVRO 2, Cartório de Irajuba/BA. Vide "Cemitério Virtual"),  sepultada em Ipauaté, município de Irajuba/BA (vide casamento com VICENTE BORGES DA SILVA – item 1.1.3, página 11);

1.12.2)-RUFINA (GRADIL) DA SILVA, nasceu em Amargosa/BA. (foi morar em Iquara/BA. Era casada com TIBURCINO DA ROCHA);
1.12.3)-JOANA (GRADIL) DA SILVA (JOANINHA) nasceu em Amargosa/BA.  Faleceu e foi sepultada na Bahia.
1.13)-JOSÉ ESTEVES DA SILVA (JOSÉ ESTEVES). Como Joaquim Marques e Manoel Plácido, não assinava BORGES. Nos documentos que encontramos, assinava JOSÉ ESTEVES DA SILVA, que nasceu em 1870, na Fazenda Serra do Julião, Tartaruga e Faleceu em 1936. Casou com OTÍLIA_MIRANDA REBOUÇAS, que nasceu no município de Tartaruga, Amargosa/BA. Faleceu em 1937. JOSÉ ESTEVES foi o declarante da morte do seu sogro, CAPITÃO JOAQUIM JOSÉ REBOUÇAS, que era casado com ANA MIRANDA REBOUÇAS, ocorrida no dia 15/02/1896, às 20:00 horas, quando contava com 52 anos de idade, era branco, proprietário, negociante e natural de Amargosa. Quando fez a declaração, JOSÉ ESTEVES DA SILVA estava acompanhado das testemunhas GENÉSIO REBOUÇAS DA SILVA e de ABÍLIO JOSÉ REBOUÇAS (REGISTRO Nº 01, FLS. 06, DE 16/02/1896, AMARGOSA/BA). TIVERAM OS SEGUINTES FILHOS:

1.13.1)-LAURA REBOUÇAS DE ANDRADE (OU MARIA LAURA ESTEVES), nasceu no dia 18/08/1888. Faleceu no dia 22/11/1970.  Foi sepultada na Fazenda Jatobá/BA (era conhecida como NENÊ). Foi casada com DANIEL VAZ ANDRADE (nasceu em 28/08/1890 e faleceu em ___/___/1976). Tiveram os filhos:
1.13.1.1)-RENATO VAZ REBOUÇAS (*__/__/1920  e + __/__/1992);
1.13.1.2)-MARIA BERNARDETE VAZ REBOUÇAS (*___/___/1930);
1.13.1.3)-RITA VAZ REBOUÇAS ANDRADE (*30/09/1925);
1.13.1.4)-RAIMUNDO VAZ REBOUÇAS (*01/07/1928);
1.13.1.5)-ROBERTO VAZ REBOUÇAS (*20/06/1924 e + __/__/1978);
1.13.1.6)-ROBERVAL VAZ REBOUÇAS (VAVÁ), *20/06/1924 e + __/__/1987).
OBS. QUANTO AS DATAS DE NASCIMENTOS IGUAIS OU CRONOLOGICAMENTE IMPOSSÍVEL, É DEVIDO AO REGISTRO FEITO NO MESMO DIA, PARA TODOS OS IRMÃOS (com exceção dos nascimentos de LAURA e DANIEL, ocorridos em Amargosa/BA, todas as demais certidões – nascimentos e óbitos – no cartório de Iaçu/BA);
1.13.2)-ADAUTO ESTEVES, nasceu no dia __/__/1897. Faleceu no dia __/__/1965;
1.13.3)-AGENOR ESTEVES, nasceu no dia __/__/1898. Faleceu no dia __/__/1961
1.13.4)-JOÃO ESTEVES, nasceu no dia ___/__/1900. Faleceu no dia ___/__/1967;
1.13.5)-JOEL ESTEVES, nasceu no dia ___/__/1999. Faleceu no dia ___/__/1972;
1.13.6)-JOSÉ ESTEVES, nasceu no dia ___/__/1902. Faleceu no dia ___/__/1978; e,
1.13.7)-NIZO ESTEVES, nasceu no dia ___/__/1904. Faleceu no dia ___/__/1967;
1.14)-MANOEL PLÁCIDO DA SILVA (esqueceram o BORGES), nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, município de Amargosa/BA. Faleceu em Ipiaú/BA.
1.15)-JUSTINO BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, faleceu na Bahia.
1.16)-CÂNDIDO BORGES DA SILVA, nasceu na Serra do Julião, Tartaruga, Amargosa/BA.
2)-JOSÉ REGE, era casado com POLÔNIA PEREZ. Eram naturais de Málaga, Espanha. Chegaram no Brasil no dia 21/04/1911. Sobre sua geração, temos:
2.1)-ANDRÉ REGE, espanhol, nascido no dia 15/06/1904, em Málaga, Espanha. Carteira de Estrangeiro (ANTIGO MODELO 20) nº 8835, S.R.E.; CARTEIRA DE ESTRANGEIRO Nº 2.762.512, EMITIDA EM SÃO PAULO, CTPS 70051, 85ª, emitida em Santo André/SP, no dia 01/12/1955, era casado em primeiras núpcias com GILDA PIANTA (nascida no dia 01/01/1905, em Novo Horizonte/SP, era brasileira, filha de DOMINGOS PIANTA e de JACINTA MANTOVAN). A Gilda Pianta faleceu no dia 25/04/1958, conforme Certidão de Óbito nº 7.240, FLS. 174, LIVRO C-0048, 16º SUBDISTRITO DA MÓOCA. Tiveram os seguintes filhos:
2.1.1)-MARIA APARECIDA REGES ZANQUETA, nasceu no dia 21/05/1930, casou com ORLANDO ZANQUETA, nascido em 24/04/1926 e tiveram os filhos:
2.1.1.1)-IRENE SANCHETA, nasceu em 21/08/1949  (casou com ALCEBÍADES GONÇALVES), e
2.1.1.2)-DJALMA ZANQUETA, nasceu em 10/12/1951 (casou com ZULEIKA ZANQUETA).
Após ficar viúva, passou a conviver com SÍLVIO JOSÉ ARNESI, nasceu no dia 19/03/1930;
2.1.2)-ANTONIO REGE, nasceu no dia 14/03/1938, casou com LAURINDA e não tiveram filhos;
2.1.3)-CONCEIÇÃO REGE, nasceu no dia 20/01/1940;
2.1.4)-ARIOVALDO LUIZ REGES, nasceu no dia 17/11/1944.
ANDRÉ REGE, casou em segundas núpcias com MARGARIDA REGE, nascida no dia 05/08/1930, em Formiga/MG. Com geração.

Nota: Acima apenas um resumo do trabalho enviado, omitimos as gerações mais recentes, as quais só poderão ser obtidas junto ao próprio autor.

8 comentários:

  1. Eu estou aqui para pedir ajuda de vcs,estou procura da #Família de #EDITE BASTOS DE JESUS ela fugiu com um Senhor que se Chama #JOSE SAMPAIO DA ROCHA no anos de 1948 OU 1949 eu sou sei que ela DIZIA que morava na #RUA:FAZENDA BAIXA GRANDE- #BREJOES-BA #Distrito DA #Zona Rural. Morava com o #AVO QUE SE CHAMAVA #ALBERTINHO ,o nome da mãe era #AMALIA MARIA BASTOS E #MINGUEL ANDRE. PORQUE ELA NAO GOSTAVA MUITO DE CONTA ESSA HISTORIA QUANDO AGENTE PERGUNTA A ELA. Gostaria muito de encontrar os parente Tios & Primos. e um sonho dos filhos & netos dele.adzanilda@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu estou aqui para pedir ajuda de vcs,estou procura da família de José Sampaio da Rocha ele desapareceu da família na segunda guerra mundial,não gostava muito de falar nessa história quando a gente perguntava.ele nasceu em 20 de Maio de 1920, o nome dos pais dele era Lúcia Sampaio & Antônio da Rocha, ele falava que tinha dois irmãos um se chamava João e o outro Pedro tbm que tinha vários irmãos espalhado pelo Brasil,pelo que eu descobrir a família dele deve está em Itapetinga-Bahia,Minas Gerais ou Rio Grande do Sul. Gostaria muito de encontrar os parente Tios & Primos. e um sonho dos filhos & netos dele.

    ResponderExcluir
  4. Eu estou aqui para pedir ajuda preciso muito ter informaçao dos meus avós oaterno que residia na cidade de Barreiras Estado da Bahia.ele se cama Clarindo pereira da silva ela Lourença pereira machado.gostaria de saber onde nasceram se estão vivos ou ja morreram.onde foram registrados cartorio civil.desde de ja agradeço

    ResponderExcluir
  5. dy Rocha2 de fevereiro de 2016 06:20
    Eu estou aqui para pedir ajuda de vcs,estou procura da família de José Sampaio da Rocha ele desapareceu da família na segunda guerra mundial,não gostava muito de falar nessa história quando a gente perguntava.ele nasceu em 20 de Maio de 1920, o nome dos pais dele era Lúcia Sampaio & Antônio da Rocha, ele falava que tinha dois irmãos um se chamava João e o outro Pedro tbm que tinha vários irmãos espalhado pelo Brasil,pelo que eu descobrir a família dele deve está em Itapetinga-Bahia,Minas Gerais ou Rio Grande do Sul. Gostaria muito de encontrar os parente Tios & Primos. e um sonho dos filhos & netos dele.
    Meu tio disse que meu avo jose sampaio da rocha os parente dele deve ser de damta Inês mim ajuda por favor

    ResponderExcluir
  6. dy Rocha2 de fevereiro de 2016 06:20
    Eu estou aqui para pedir ajuda de vcs,estou procura da família de José Sampaio da Rocha ele desapareceu da família na segunda guerra mundial,não gostava muito de falar nessa história quando a gente perguntava.ele nasceu em 20 de Maio de 1920, o nome dos pais dele era Lúcia Sampaio & Antônio da Rocha, ele falava que tinha dois irmãos um se chamava João e o outro Pedro tbm que tinha vários irmãos espalhado pelo Brasil,pelo que eu descobrir a família dele deve está em Itapetinga-Bahia,Minas Gerais ou Rio Grande do Sul. Gostaria muito de encontrar os parente Tios & Primos. e um sonho dos filhos & netos dele.
    Meu tio disse que meu avo jose sampaio da rocha os parente dele deve ser de damta Inês mim ajuda por favor

    ResponderExcluir
  7. gostaria muito de conhecer as origens do meu pai,João Batista Borges; ele não se lembrava de muita coisa, mas o fato é que não chegamos a conhecer ninguém. Ele dizia ter nascido em Lençóis-BA, no ano de 1928 e que depois de alguns anos a familia migrou para a cidade de Santa Ines-BA.Veio ao sul da Bahia em busca de um menino, para ajudar uma comadre e não mais retornou para lá.Faleceu aqui em Ilhéus-BA, no ano de 1997.Se alguém que souber do destino dessa familia, me ajude a conhecer toda história de meu pai. A mãe dele era Amalia e o pai Carlos Borges.

    ResponderExcluir
  8. Na Minha arvore genealogica contem por parte dos familiares da minha esposa Borges da Silva , Edmundo Borges, casado com Flora da Silva borges, que tiveram os filhos: Bernardo Borges da Silva, Maria Cristal Borges,Rosa Borges, Carmem Borges,João Borges,Isaura Borges,Maria Flora Borges, Maria Borges,Colombo Borges,Antonio Borges,Benedito Borges, Fabio Borges e Josué Borges da Silva, todos nasceram na Bahia.

    ResponderExcluir